Mangueira

Mangueira

Desfile

História

Mangueira

Desde seu primeiro Carnaval, em 1932, a tradicional Mangueira já ganhou 18 campeonatos. A escola, que já teve Cartola como seu compositor, clama para si a invenção do samba de enredo e alega ter sido a primeira, em 1933, a incorporar o tema do desfile à letra do samba - pioneirismo alegado também pela Portela. Levou o título pela última vez em 2002.

Em 2008, ficou apenas na 10ª posição do Carnaval carioca. No ano seguinte, a escola ficou em 6º lugar, com 396,80 pontos. Com a eleição do novo presidente Ivo Meirelles. Em 2010, mestre-sala, porta-bandeira e carnavalesco foram trocados e a escola ficou com o 6º lugar com o enredo “Mangueira é a Música do Brasil”.

Cores: Verde e rosa

Samba enredo

“O filho fiel, sempre Mangueira”

Compositores: Aílton, Cesinha Maluco, Alemão Xavier, Te e Baiano

Intérprete: Luizito, Zé Paulo Sierra e Rychahs

Ficha técnica

Presidente da escola
Ivo Meirelles
Carnavalesco
Mauro Quintaes e Wagner Gonçalves
Mestre-sala e Porta-bandeira
Raphael Rodrigues e Marcella Alves
Rainha de Bateria
Renata Santos
Alas
34
Componentes
4000
Carros
8

Outros Carnavais

  • 2010
  • 2009
  • 2008
  • http://carnaval.uol.com.br/2011/rio-de-janeiro/escolas-de-samba/mangueira.htm
  • Mangueira
  • 25/10/2014
  • UOL Carnaval 2011 - Escolas de samba
  • UOL Carnaval 2011
  • @CarnavalUOL #Carnaval2011
  • 1

Álbuns