Tom Maior

Tom Maior

Desfile

História

Tom Maior

A Tom Maior surgiu em 1973 como uma dissidência da Camisa Verde e Branco, que até hoje é a madrinha da escola. O nome foi inspirado no samba ""Tom Maior"", do compositor carioca Martinho da Vila (""vai ter de amar a liberdade, só vai cantar em tom maior, vai cantar em tom maior, vai ter a felicidade de ver um Brasil melhor"").

Seus ensaios sempre aconteceram pelas ruas do bairro de Pinheiros, local onde recentemente a escola conseguiu uma quadra. Com o samba-enredo “Glória paulista – São Paulo na vanguarda da economia brasileira”, a escola ocupou a 5ª posição no Carnaval paulistano em 2008.

No ano seguinte, com o tema "Uma nova Angola se abre para o Mundo! Em nome da paz, Martinho da Vila canta a liberdade!", a Tom Maior ficou em 11º lugar. No Carnaval 2010, a escola fez uma homenagem ao centenário de Brasília com o enredo “Brasília, do sonho à realidade. Uma homenagem de São Paulo aos 50 anos da Capital do Coração do Brasil” e, por conta de atrasos e problemas na concentração, ficou apenas em 12° lugar.

Cores: Vermelho, amarelo e branco

Samba enredo

"Salve salve São Bernardo, pedaço do meu Brasil – Terra mãe dos Paulistas"

Compositores: Chiquinho LS, César Ramos, Dico Tom Trinta, Ricardo e Jota Osasco

Intérprete: Rene Sobral

Ficha técnica

Presidente da escola
Marko Antônio da Silva
Carnavalesco
Chico Spinosa
Mestre-sala e porta-bandeira
Jairo e Simone
Rainha de bateria
Andreia Gomes
Alas
23
Carros
5
Componentes
3.300

Outros Carnavais

  • 2010
  • 2009
  • 2008
  • http://carnaval.uol.com.br/2011/sao-paulo/escolas-de-samba/tom-maior.htm
  • Tom Maior
  • 18/12/2014
  • UOL Carnaval 2011 - Escolas de samba
  • UOL Carnaval 2011
  • @CarnavalUOL #Carnaval2011
  • 1

Álbuns