Monobloco vai tocar com orquestra sinfônica no Carnaval

Fabíola Ortiz
Do UOL, no Rio

  • Zulmair Rocha/UOL

    O grupo Monobloco durante apresentação no Carnaval 2012 na Avenida Rio Branco na região central no Rio

    O grupo Monobloco durante apresentação no Carnaval 2012 na Avenida Rio Branco na região central no Rio

O Monobloco vai tocar com a Orquestra Petrobras Sinfônica no sábado de Carnaval (1° de março), no Rio, e vai inovar com um repertório de sambas e música clássica. O anúncio foi feito ao UOL pelo músico Pedro Luís, um dos fundadores do bloco.

"Vai ser um carnaval sinfônico, é a primeira vez que a gente faz com uma orquestra. Será um grande desafio unir o corpo percussivo do Monobloco com a diversidade sinfônica", disse.

Clássicos carnavalescos, marchinhas, sambas, frevo e composições de Mozart serão tocadas. "Estamos instigados a fazer uma coisa inédita, um baile de Carnaval com uma orquestra sinfônica. O Monobloco vai se desafiar a criar possibilidades com um instrumental de escola de samba dentro do universo erudito. Será um belo capítulo na história desse Carnaval."

O show com a Orquestra Petrobras Sinfônica será na Fundição Progresso. Já o desfile será na Avenida Rio Branco, no Centro, no domingo (09/03) após a Quarta-Feira de Cinzas.

Desfile

Pedro Luís disse que este ano o desfile terá novidades, mas ainda não pode anunciá-las. A presença da cantora Gaby Amarantos, representante do tecnobrega, já está confirmada.

  • Blue Man Group no Monobloco em 2013

Em 2013, o bloco inovou ao trazer o Blue Man Group para fazer performances e interagir com os foliões. "Democratizamos o desfile e tornamos acessível para gente de todos os lados da cidade."

Em média, o desfile atrai meio milhão de foliões e percorre por cerca de três horas e meia uma das maiores avenidas do Centro do Rio. Neste ano, o Monobloco irá apresentar músicas do último CD "Arrastão da Alegria".

Oficina de percussão

A história do Monobloco surgiu em um dos shows do Pedro Luís e a Parede, em 1999, em uma apresentação no Sesc Vila Mariana, em São Paulo.

"Quando voltamos para o Rio, resolvemos propor à Prefeitura uma oficina permanente, e houve muita procura. Fizemos uma grande formação de percussão com os alunos e montamos um bloco para contemplar a diversidade musical brasileira. Catorze anos depois, posso dizer que o negócio deu certo", riu.

No início, o recém-criado Monobloco reuniu mestres da percussão e de bateria de escolas de samba como Salgueiro, Beija-flor, União da Ilha e Grande Rio. "Mestres que nos forneceram muitos conhecimentos sobre baterias de escola de samba, levadas, bossas e arranjos incríveis. Trouxemos especialistas em ritmos afro-brasileiros e afro-cubanos", contou.

O primeiro desfile de Carnaval ocorreu em 2001 do Planetário da Gávea até a Praça do Jockey e reuniu 10 mil pessoas. Ao longo dos anos, o percurso do Monobloco foi se modificando em razão do grande aumento de público. Foram quatro desfiles na orla do Leblon, depois em Copacabana até que seguiram para a Avenida Rio Branco.

Serviço:

Show do Monobloco com a Orquestra Petrobras Sinfônica
Quando: 1º de março
Onde: Fundição Progresso, no Rio

Desfile do Monobloco
Quando: 9/03 às 9h
Onde: Concentração no Igreja da Candelária, Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio
Quem vai: Público variado, famílias, idosos, gays, turistas e grupos de jovens fantasiados
Fantasia: O bloco é multicolorido. Em geral, as pessoas vão fantasiadas

Notícias relacionadas



Shopping UOL