"Tem espaço para todo mundo", diz rainha da Portela que foge do padrão

Fabíola Ortiz

Do UOL, no Rio

  • Zulmair Rocha/UOL

    Patrícia Nery é a nova rainha da bateria da Portela

    Patrícia Nery é a nova rainha da bateria da Portela

Depois do reinado de dois anos da atriz Sheron Menezzes à frente da bateria da Portela, a nova aposta da escola de Madureira para 2013 é a publicitária Patrícia Nery, de 38 anos, que foge do padrão que é maioria no Carnaval carioca: celebridades ou dançarinas.

"Qualquer cargo de destaque é cobiçado e o de rainha da bateria não é diferente. A concorrência existe, mas é saudável, não é matar ou morrer. Tem espaço para todo mundo, para quem é da comunidade, para quem é atriz, para quem está entrando agora do nada. Isso é bacana de uma escola de samba, poder ter essa variedade de pessoas", disse a empresária em entrevista ao UOL.

Casada e mãe de duas filhas, Patrícia Nery afirma que seu diferencial é fazer parte da comunidade portelense. Nascida e criada no bairro de Madureira que comemora 400 anos, Nery desfila desde os 8 anos de idade na azul e branca. "Ser da comunidade já é um grande diferencial, de participar da vida ativa da comunidade e conhecer todas as pessoas de todos os segmentos. Para uma escola ser grande e de tradição, é importante a união de todas as alas".

Em 2008, Nery estreou como rainha na União do Parque Curicica da Série A, em seguida durante dois anos foi rainha da Renascer de Jacarepaguá, tendo em 2012 desfilado no Grupo Especial. E agora no Carnaval de 2013, a empresária permanece no Especial a frente da bateria da Portela.

"Este ano, a escola estava escolhendo uma rainha que fosse nascida e criada em Madureira e me chamaram. Topei na hora". Apesar da concorrência e de um posto cobiçado, especialmente em uma escola tradicional como a Portela, Nery garante que a responsabilidade não muda.

"A responsabilidade é a mesma em todas as escolas. Assumo um compromisso. A Portela é a minha escola de coração que eu sempre participei, onde eu nasci. Para mim, a emoção é muito grande", admitiu a portelense.

Além dos 400 anos do bairro no enredo "Madureira...o meu coração se deixou levar" assinado por Paulo Menezes, a escola também irá homenagear os 90 de sua fundação e os 70 de Paulinho da Viola. A Portela será a última a desfilar no domingo, dia 10 de fevereiro.

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos