Rio de Janeiro

Corte do Carnaval: Wilson Dias e Clara Paixão voltam a reinar em 2016

Claudia Dias

Colaboração para o UOL

Já era madrugada do sábado (14) quando o grupo Pique Novo deixou o palco da Cidade do Samba, para que Jorge Perlingeiro pudesse anunciar o resultado do concurso de Rei Momo e Rainha do Carnaval do Rio de Janeiro. Para 2016, a corte permaneceu quase inalterada. A coroa de Rei Momo foi pela terceira vez consecutiva para Wilson Dias da Costa Neto, de 28 anos e a de Rainha de Carnaval ficou pela segunda vez com Clara Paixão, de 32 anos. As mudanças ficaram por conta da ordem das princesas: Bianca dos Santos Monteiro, que foi a primeira princesa em 2015, será a segunda na corte no ano que vem. Já o papel de primeira princesa coube à Uillana Adães, conhecida como "Bebezão", que ocupou o segundo lugar em 2015. 

Com uma torcida empolgada, vinda da Vila Isabel - bairro da zona norte onde mora o tricampeão - Wilson conquistou o corpo de jurados com seu sorriso largo e sua simpatia. Em segundo lugar, ficou Fábio Damião dos Santos e Amenon Teixeira foi o terceiro colocado. "A preparação foi muito grande, mas a emoção de estar aqui, de ter conquistado esse sonho é tão grande que é como se fosse a primeira vez. Fico orgulhoso de ter sido o Rei Momo da Copa do Mundo, dos 450 anos do Rio de Janeiro e agora, das Olimpíadas. Acho que o principal legado que os cariocas vão deixar para estes jogos é a sua receptividade, espontaneidade e alegria. Com certeza, vamos plantar pelo menos uma semente no coração das pessoas que aqui estarão", afirmou ele, ainda extasiado com a conquista.

Muito emocionada, Clara parecia não acreditar na sua vitória. "Eu ouso dizer que estava mais nervosa e estou mais feliz do que da primeira vez. Eu sabia que a luta seria muito grande. As candidatas eram todas maravilhosas. Agradeço à minha família, aos meus amigos e admiradores do meu trabalho, que vieram prestigiar e trouxeram toda essa alegria para esta conquista. Estou muito feliz", completou Clara. 

Se dizendo ainda extasiada, a primeira princesa, Uillana Adães também não parava de comemorar. "Não que eu não acreditasse que poderia ganhar, mas o resultado acabou sendo uma surpresa para mim. O melhor mesmo é voltar a trabalhar com os meus companheiros do ano passado. Temos muito trabalho até o carnaval e depois, com os eventos oficiais da cidade para as olimpíadas. Estou aqui, firme e forte!"

O ano olímpico também foi ressaltado pela segunda princesa, Bianca Monteiro. "Vamos ter um evento do porte das olimpíadas no ano que vem. Vamos poder mostrar de uma forma ainda melhor a nossa cultura e os nossos costumes para outros países. Espero que ajude a trazer uma imagem bastante positiva para o país. Se pudermos colaborar de algum jeito para isso, será maravilhoso", completou. 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos