Salvador

Olodum mantém a tradição dos figurinos coloridos no Carnaval 2016

Do UOL, no Rio

  • Felipe Carvalho/UOL

    O Bloco Olodum vai desfilar dois dias nos principais circuitos de Salvador

    O Bloco Olodum vai desfilar dois dias nos principais circuitos de Salvador

"Brasil mostra tua cara! Sou Olodum, quem tu és?" é o tema do Olodum no Carnaval de 2016. Mantendo a tradição dos figurinos coloridos e que falam dos jovens negros, das tribos urbanas e da miscigenação entre índios, negros e brancos, o bloco se apresenta nos principais circuitos de Salvador.

No primeiro dia, sexta-feira (5), Olodum desfila pelas ruas do Pelourinho e segue para o circuito Campo Grande, Centro Histórico, os abadás representarão as diversas tribos urbanas. 
 
No domingo (7), Olodum abre o circuito Barra- Ondina e os foliões vestem camisas que irá homenagear  os "Jovens Negros Vivos" com a intenção de chamar a atenção para os números de 2012 divulgado pela  Anistia Internacional: 30 mil jovens no ano e do total dos mortos 77% eram negros.
 
Vale a pena lembrar que as cores do Olodum formam a base do Pan-Africanismo, Rastafarianismo e do Movimento Reggae. O verde, as florestas equatoriais da África. O vermelho, o sangue da raça negra. O amarelo, o ouro da África (maior produtor mundial). O preto, o orgulho da raça negra e o branco, que representa a paz mundial.
 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos