Rio de Janeiro

Salgueiro pede desculpas por soltar pássaros em ensaio; 48 animais morreram

Do UOL, em São Paulo

A escola de samba Acadêmicos do Salgueiro pode ser denunciada ao Ministério Público no Rio, pela ONG SOS Aves e Cia, por crime ambiental. Durante o ensaio técnico realizado no último domingo (24), integrantes da agremiação soltaram dezenas de pombos no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, e cerca de 48 deles, desorientados, não conseguiram voar, morrendo pisoteados no local (veja vídeo acima).

Segundo pessoas próximas à escola, a soltura de pombos está relacionada a um ritual religioso. O Ibama também está analisando o caso e estuda autuar o Salgueiro.

De acordo com a SOS Aves, apenas 20 aves foram encontradas com vida, algumas com asas quebradas e em situação de risco de morte. Elas foram levadas à sede na ONG na cidade de Saquarema, na Região dos Lagos no Rio.

"O que leva uma escola de samba a soltar aves em um ensaio técnico no sambódromo? Será que ninguém na Acadêmicos do Salgueiro, no Rio de Janeiro, sabe que está cometendo um crime ambiental?", escreveu o presidente da SOS Aves, Paulo Maia, em sua conta no Facebook.

De acordo com ele, os animais, criados em cativeiro, não poderiam ser jogados a esmo em um ambiente de poluição sonora como o de um desfile. Ambientalistas afirmam que esse tipo de soltura demanda um estudo técnico complexo que assegure a sobrevivência e a reintegração deles à natureza.

Questionada, a Acadêmicos do Salgueiro se negou, num primeiro momento, a comentar o caso, afirmando que ele está sendo tratado por seu departamento jurídico. Na noite desta sexta, no entanto, a escola emitiu uma nota ao UOL pedindo desculpas. O regulamento do Carnaval do Rio veda a presença de animais nos desfiles.

"Viemos através desta declarar nosso sincero pedido de desculpas e ressaltar que não houve intenção alguma de maltratar animais. O Salgueiro tem diversos projetos sociais e está sempre disposto a ajudar. Ressaltamos que não foi pretendida em tempo algum a participação de animais no desfile oficial."

SOS Aves e Cia
Pombo resgatado pela ONG SOS Aves e Cia no Sambódromo da Marquês de Sapucaí

UOL Cursos Online

Todos os cursos