São Paulo

Claudia Raia: "Toca saber que escola inteira está pensando na sua história"

Nelson Nunes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Aos 49 anos de idade, com direito a 30 de passarela, Claudia Raia nunca imaginou que um dia seria enredo de escola de samba. Pois a hora chegou. Nesta sexta-feira (6) – na verdade já entrando pela madrugada de sábado – a Nenê de Vila Matilde leva para o Anhembi o samba em homenagem à atriz, bailarina, cantora, diretora e produtora teatral. "Nenê Apresenta o Musical: Rainha Raia nas Asas do Carnaval" é uma exaltação à carreira da artista, destacando desde seu início como bailarina clássica até os grandes personagens de espetáculos e novelas, como Tancinha, de "Sassaricando", "Tonhão", da TV Pirata, e Lívia Marini, de "Salve Jorge".

"Essa é a maior honraria que um artista pode ter. Tanto melhor se ele ainda estiver vivo, porque, normalmente, essas homenagens são póstumas. É uma emoção inexplicável", diz Claudia Raia, resumindo o sentimento de orgulho que a Nenê lhe proporciona. Apesar de não ser a primeira vez que ela desfila no Anhembi (em 2012, saiu como destaque na Vai-Vai), a atriz admite que agora é diferente. "Só de falar já me arrepio".

Manuela Scarpa/Photo Rio News
Claudia Raia em julho de 2015 em SP, no lançamento do musical "Raia 30 Anos", que celebra sua carreira

Em cartaz atualmente com o musical "Raia 30 Anos" – também baseado em uma retrospectiva de sua carreira – Claudia diz que se depara com sua história todos os dias no palco e, agora, terá a chance de viver essa experiência na avenida. "Se já me emociono com o espetáculo, certamente vou sentir uma adrenalina maior quando o desfile começar." Depois de acompanhar boa parte dos ensaios e participar até de decisões estratégicas do desfile, Claudia aposta em um Carnaval inovador, como outros que marcaram a trajetória do carnavalesco Paulo Barros. "Todas as alas são coreografadas, dançantes, como eu queria que fosse essa homenagem. Só peço para que toda a comunidade sambe com alegria e vibração, pois essa é a minha cara."

Faz parte dessa inovação uma brincadeira com a plateia. A própria Claudia teve a ideia de espalhar pelos diversos setores do desfile cinco sósias, todas caracterizadas com figurinos de seus personagens mais marcantes, para confundir o público. "É uma coisa meio onde está Wally", diz ela. Mais de 120 candidatas apareceram para o concurso, na quadra da Nenê. "O importante não era ser parecida de rosto comigo. E sim ter o meu astral. Não era um teste de elenco, mas uma brincadeira", explica a atriz.

Toda a família de Claudia estará na avenida. Com destaque para a participação de Sophia, a filha de 13 anos de seu casamento com Edson Celulari. Ela virá na comissão de frente vivendo um papel especial: a própria Claudia, ainda menina, iniciando a carreira de bailarina clássica. "A Sophia é uma Claudia melhorada. Ela é expressiva, linda e talentosa." Ciente de sua responsabilidade, Sophia ralou muito na composição da personagem para ficar ainda mais parecida com a mãe. "Ela sempre foi ratinha de coxia, sempre me acompanhou pelos palcos da vida e sabe como eu sou", diz a atriz, toda coruja.

Veja a seguir os principais trechos da entrevista concedida por Claudia Raia ao UOL Carnaval.

Como recebeu essa homenagem? Já tinha sido sondada antes, por outra escola, aqui ou no Rio, para ser tema de enredo?
Fiquei muito honrada com o convite da Nenê de Vila Matilde. Não esperava ser homenageada por uma escola, de verdade, fiquei bastante feliz. O presidente me ligou e fez o convite, no ano passado. Nunca tinha sido sondada por ninguém e me sinto agradecida à Nenê.

Fez alguma exigência para permitir que a escola explorasse sua vida e obra na avenida?
Apenas que a escola tivesse muita alegria e que o desfile apresentasse alas coreografadas, dançantes.

Depois de ler o enredo e de ter ideia do plano geral do desfile, quais pontos você destacaria? Onde vamos poder ver o melhor de Claudia Raia na avenida?
A Nenê vem linda demais. Estou apaixonada por cada ala que conta um pouquinho da minha vida e minha carreira, meus personagens no teatro e na TV. O que mais me tocou foi a comissão de frente, já que a Sophia vai sair nela, representando meu início de carreira de bailarina.

Além da Sophia, quem mais da sua família vai desfilar?
Meu outro filho, o Enzo, a minha irmã, meus sobrinhos e meu marido.

O que achou do samba-enredo da Nenê? Ele cobre bem a história da sua vida de artista?
Completamente. Para mim foi bem emocionante ouvir. E tenho certeza que o público vai adorar.

A Vai-Vai, campeã do último Carnaval paulista, fez um enredo biográfico em homenagem a Elis Regina. Você acha que pode dar a mesma sorte para a Nenê este ano e levantar o título?
Espero que sim!

Como você está se preparando para esse desfile? Como acompanha os ensaios, quantas vezes vem a São Paulo?
Como estou me mudando para São Paulo, tenho ficado bastante tempo na cidade e sempre que posso vou aos ensaios, dou um pulo no barracão para ver como está o andamento de tudo. Gosto de participar.

Desde quando você desfila no Carnaval? A Beija-Flor é sua escola de coração no Rio?
Desfilo na Beija Flor há exatos 30 anos. Minha primeira vez foi em 1985. A Beija-For é a minha escola do coração e da alma. Quando me perguntam da comparação do Carnaval entre Rio e São Paulo, eu digo sou mais identificada com a Beija-Flor do que com o Carnaval do Rio propriamente dito. Eu sou madrinha da escola, eu apresento a Beija-Flor no desfile.

Quais são suas melhores lembranças da passarela do samba? Quais são seus grandes momentos na avenida?
Cada Carnaval tem um gostinho diferente e especial. Mas acredito que o primeiro, há 30 anos (enredo "A Lapa de Adão e Eva"), vai ficar pra sempre guardado na minha memória.

Até que ponto o fato de ter sido bailarina na infância te ajuda na hora de sambar. Você tem muito samba no pé...
Acho que ser bailarina me deu a musicalidade, o samba está na veia. Eu amo sambar, me sinto em casa estando na avenida.

O que acha da brincadeira que a escola vai fazer com sósias da verdadeira Claudia Raia?
Essa foi uma ideia minha. Vamos espalhar cinco sósias pelo desfile representando personagens minhas e vamos deixar para o público a missão de achar a verdadeira Claudia Raia na avenida. Vai ser divertido.

E você vai desfilar em qual setor da escola? Vai vir no chão ou em carro?
É surpresa!

Você é uma atriz famosa, de grandes sucessos, espera levantar a avenida?
Espero conseguir passar a alegria que estou sentindo para o público!

Mesmo com 30 anos de avenida, imagina que este ano viverá uma emoção diferente?
Acho que toca diferente dentro do coração por saber que a escola inteira está pensando na sua história e homenageando a sua vida. É mesmo muito especial! Apesar da experiência, é como se sentisse uma espécie de ansiedade pré-estreia; na hora, talvez bata aquela adrenalina.

No que o Carnaval se assemelha aos grandes espetáculos musicais que você já encenou e dirigiu no Brasil?
O Carnaval é o grande espetáculo do mundo que é preparado tantos meses para ser apresentado em apenas um dia. O processo de criação não se compara ao de um musical, mas não deixa de ser um show, né?

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos