São Paulo

Musa da Rosas de Ouro briga com estilista e veste fantasia improvisada

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

Thais Bianca, musa da Rosas de Ouro, escola que desfila logo após a Águia de Ouro na madrugada deste sábado (6) no Anhembi, ainda não sabe se vai conseguir entrar na avenida. Tudo porque a ex-panicat se viu envolvida em uma confusão com o estilista de sua fantasia, identificado como Gerson.

A modelo conta ao UOL Carnaval que viu sua fantasia pela primeira vez nesta noite -- sem ter sido autorizada a experimentar anteriormente -- e que tomou um susto, pois a roupa não tinha nada a ver com o encomendado. "Quem fez foi uma pessoa que eu confio, que já fez as fantasias dos dois anos anteriores", explica Thaís, que diz ter tentado provar os figurino várias vezes, mas que obtinha do designer a resposta de que não precisava se preocupar, que a produção da roupa estaria "arrasando".

"Hoje, às 23h, os auxiliares dele me disseram que ele tinha levado um tiro, que estava no hospital. Juntou tudo, que eu estava desesperada porque as coisas não vinham... E quando eu peguei a fantasia... A bota é 39, sendo que eu calço 36, e eu coloquei papel aqui dentro. Era pra ser uma bota comprida e essa é uma botinha, e está saindo tinta", conta a ex-panicat.

"A fantasia se chama DNA do Rosas, então tinha que ser muito fiel às cores da escola. O carnavalesco tinha me pedido para ser bem fiel às cores. Tem uma pena que, para mim, é vermelha. E o rosa da escola é bem clarinho, ficou nada a ver. Eu tinha combinado de fazer um trikini, com cristais. e ele não fez. Fez um negócio de plástico e colou umas pedras e esse tapa-sexo", mostra a musa da Rosas de Ouro.

No hotel que fica ao lado do Anhembi, onde as escolas preparam seus destaques, ela pediu aos assistentes do designer que arrumassem uma peça que havia ficado grande. "Os meninos desceram para arrumar e, quando subiu, subiu ele. Perguntei: Ué, mas você não tinha tomado um tiro? Mas ele sabia que tinha feito merda. Porque isso aqui é bonito, mas eu usaria para um ensaio técnico. Mas não é de uma pessoa que está representando o dia da escola."

Thaís Bianca conta que reclamou do resultado ao designer, e que então ele pegou a fantasia e foi embora, alegando que a musa não tinha feito o pagamento completo. "Estou sem a parte de cima. O que acontece? Eu fiquei de pagar a segunda parte da fantasia hoje, mas meu dia foi corrido, eu estou sozinha fazendo as coisas. Mas como eu sempre paguei em dia, nunca atrasei nem demorei para pagar, eu esperava que ele entendesse que amanhã eu faria um depósito na conta dele. Agora ele está lá embaixo dizendo que se eu não pagar, ele não dá a fantasia, e o pessoal da escola está tentando resolver."

A reportagem do UOL tentou localizar o estilista, mas ainda não conseguiu encontrá-lo nas proximidades do sambódromo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos