Recife e Olinda

Mauro Shampoo, o pior jogador de futebol do mundo, ganha bonecão

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em Recife

Os turistas que chegam à capital pernambucana pelo Aeroporto Internacional Gilberto Freire são recepcionados no salão de desembarque por vários bonecões gigantes produzidos pelo artista Leandro Castor, de Recife. Um deles, no entanto, chama a atenção. Com uma vasta cabeleira e vestindo a camisa do time de futebol Íbis, o boneco representa o cabeleireiro Mauro Texeira Thorpe, o Mauro Shampoo, 59 anos, ex-atleta do clube.

"Não sabia da homenagem do bonecão. Foi uma surpresa. Messi, Cristiano Ronaldo e Ronaldo já ganharam bonecões. Faltava eu", contou. "Tentei ser jogador de futebol. Atuei como meia-esquerda, camisa 10, igual Pelé, Zico e também o Rivaldo, que é pernambucano. Joguei muito contra ele, mas só perdi", lembrou o ex-atleta, que recebeu o UOL em seu salão, batizado de Arena Shampoo, na praia de Boa Viagem, em pleno sábado de Zé Pereira. "Amo esse lugar. Hoje eu já cortei dez cabelos", revelou. Cada corte custa R$ 30. "Sem inflação", adianta.

O íbis Sport Club, para quem não sabe, foi considerado o pior time de futebol do mundo pelo Guinness Book porque ficou seis anos sem ganhar nenhum jogo. Mauro era o principal atleta daquela época e só marcou um gol no time, mesmo assim em 1980 em uma derrota de 8 a 1 contra o Ferroviário do Recife. "Mesmo assim dizem que o único gol que eu fiz foi contra. Ninguém acredita em mim porque não teve foto nem vídeo do jogo. Corri o estádio todo que estava lotado de espaço vazio", brincou. "O único título que ganhei foi o de eleitor".

Rafaella Magna/Infraero
Bonecão de Mauro Shampoo no Aeroporto Internacional Gilberto Freire, no Recife

Mauro ganhou a homenagem com o bonecão no carnaval de Recife no ano passado e desde então se transformou em mais um personagem típico do amplo leque de figuras pernambucanas. Em 2012, sua vida virou um documentário, batizado de "Mauro Shampoo – cabeleireiro, jogador e homem", dirigido por Paulo Henrique Fontenelle e Leonardo Cunha Lima. Até música composta por Oswaldo Montenegro ele ganhou, batizada de "A Incrível História de Mauro Shampoo" para a trilha sonora do documentário. Neste mesmo ano, Mauro aproveitou a fama repentina, e se candidatou a vereador. Adivinhe o resultado? Perdeu.

Shampoo é, de fato, uma figura. Casado há mais 30 anos, pai de três filhos e avô de outros três, apelidou toda a família com nomenclaturas relacionadas ao cabelo. O mais velho, de 30 anos, também tem o apelido do pai, é o Shampoo. A filha do meio, Hamyna, 29, é a Creme Rinse e o caçula, Homed, 27, é o Secador. Homed atualmente segue os passos do pai como centroavante do Íbis. A mulher, Márcia, também cabeleireira, se chama Pente-fino. Os apelidos continuam. A sogra é piolho, a mãe é Lendia, a nora é a tesoura-cega e o genro é o tesoura-amolada. Para os netos de 5 anos, 3 meses e 9 meses sobraram Chapinha, Mega Hair e Máquina.

Mauro só corta cabelo usando o uniforme do Íbis, inclusive com chuteira, meião e a braçadeira de capitão. E nos finais de semana, claro, também joga a sua pelada. "Mas só com a turma acima dos 50 anos. Não acompanho mais essa molecada", aponta.

Seu local de trabalho é praticamente um ponto turístico de Recife. Ele tem pintado no chão as linhas de um campo de futebol e as paredes estão repletas de flamulas de times do mundo e de Pernambuco. "Mas meu time é um só. Sou Íbis de coração". Para ele, cada corte é como se fosse um jogo de futebol. "Me concentro em cada corte como se estivesse na marca do pênalti.

As derrotas no campo, no entanto, não foram tão amargas quantas as dificuldades que ele enfrentou na vida. "Até os 14 anos eu dormia nas calçadas de Boa Viagem e pedia comida na rua", disse. "Vendi pastel, fui engraxate e jogava pelada nas areias da praia até ser descoberto pelo time infantil do Náutico", lembrou. O ex-futebolista aprendeu o ofício de cabeleireiro com Batista, "Ele me ensinou a profissão enquanto eu tentava jogar no Íbis", lembra. "Posso não ser vitorioso no esporte, mas me sinto um vitorioso na vida".

UOL Cursos Online

Todos os cursos