Salvador

"Top" do sertanejo, Jorge e Mateus tem liquidação de abadás na terra do axé

Ana Cora Lima

Do UOL, em São Paulo

A dupla Jorge e Mateus está no topo de paradas, mas não teve tanta sorte assim na terra do axé. Os sertanejos botaram seu bloco no circuito Barra-Ondina com um número muito menor do que o da Ivete Sangalo, que desfilou um dia antes no mesmo horário.

Pioneira ao introduzir o sertanejo no Carnaval de Salvador em 2011, o que se tornaria algo bastante comum na festa, a dupla sempre teve sucesso na empreitada. Este ano, no entanto, o trio Fecundaça/Pirraça saiu para o desfile esvaziado, com muitos buracos dentro da corda.

Ana Cora Lima/UOL
Fã de Jorge e Mateus, Tais Carmo (primeiro à esquerda) pagou antecipadamente R$ 350 para curtir a folia sertaneja junto com amigos. A fã economizaria R$ 150 reais se comprasse horas antes da saída do trio
Quem decidiu comprar os abadás em cima da hora, conseguiu aproveitar a liquidação para evitar trios vazios. Os descontos chegam até 60%. 

Tais Carmo pagou antecipadamente R$ 350 para curtir a folia sertaneja. Fã da dupla, ela nem quis saber quanto pagaria se comprasse na hora. "Comprei e não me arrependo. Gosto demais deles. Sei que teve blocos mais baratos e outros mais caros. O que importa é que eu estou feliz e adorando", disse.

A fã economizaria R$ 150 reais se comprasse horas antes da saída do trio.

Uma turma de cinco amigos de Sergipe iria economizar ainda mais. Na última quinta-feira (4) cada um pagou R$ 950 por um pacote que incluía o trio com Wesley Safadão.

"Achei caro, mas estávamos tão a fim de vir que resolvemos parcelar em oito vezes no cartão. Fora os gastos da viagem, alimentação e hospedagem", comentou Evelyn Mendonça.

Mas não foi apenas o sertanejo que sofreu este ano. O bloco Meu e Seu, do Harmonia do Samba, também desfilou pelo Barra-Ondina bastante vazio. Pouco antes do trio sair, as camisas eram vendidas por R$ 160. Chorando um pouco, era possível levar duas por R$ 200. 

Espaço VIP

Se o preço do abadá diminuiu o mesmo não aconteceu com os lugares privilegiados do trio. Pelo contrário. O espaço conhecido como apoio continua com valor salgadinho. "Paguei R$ 1 mil para ficar no trio Pirraça. Não gosto muito do Jorge e Mateus, mas como era o mais barato, comprei na semana passada. Tenho um amigo que decidiu em cima da hora subir ao trio e cobraram R$ 1,5. Ele achou caro e ficou no hotel", entregou Elton Pereira.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos