Após ser impedida na Sapucaí, rainha de bateria da Estácio cospe fogo na TV

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/TV Globo

    Rainha da Estácio cospe fogo na TV

    Rainha da Estácio cospe fogo na TV

A rainha de bateria da Estácio de Sá, Luana Bandeira, cuspiu fogo na manhã desta segunda-feira (8) durante participação no programa "Encontro com Fátima Bernardes", da Globo. A ideia inicial era que Luana fizesse o número ao longo do desfile da escola de samba, que ocorreu neste domingo, mas a musa foi impedida pelo corpo de bombeiros.

"Ontem, não foi possível [cuspir fogo], mas eu estava feliz do mesmo jeito. Foi tudo lindo e o desfile maravilhoso", disse Luana. "Faço circo desde os 12 anos e treinei por 3 meses para cuspir fogo. Mas, como na Avenida, é aquela correria, toda aquela tensão, com muita gente, [e] junto com os bombeiros, deu aquele probleminha, não estávamos com o material todo de segurança e fui vetada", lamentou ela, que também é assistente de palco do "Caldeirão", de Luciano Huck.

De volta ao Grupo Especial do Rio de Janeiro após nove anos, a Estácio de Sá inaugurou neste domingo (7) os desfiles do Carnaval 2016 na Marquês de Sapucaí. Na briga para se manter entre as grandes escolas, a agremiação fez seu desfile com as arquibancadas lotadas e cruzou a avenida em 1h19. Com sete carros alegóricos e 29 alas, a Estácio apresentou o enredo "Salve Jorge! O Guerreiro na Fé".

À frente dos ritmistas, a rainha, Luana Bandeira, simbolizou o dragão em uma fantasia toda dourada, que custou cerca de R$ 40 mil. 

UOL Cursos Online

Todos os cursos