Coluna

Jussara Soares

Banga e Sargento Pimenta driblam prefeitura e antecipam o Carnaval em SP

Marcos Credie/Divulgação
Bangalafumenga antecipa o Carnaval de São Paulo Imagem: Marcos Credie/Divulgação
Divulgação
Jussara Soares

Jussara Soares

A jornalista Jussara Soares é de Itatiaia, RJ, e mora em São Paulo. Não nasceu com o samba, no samba não se criou, mas, desde que em 2008 começou a cobrir Carnaval, do danado do samba não se separou. Por muitos anos, batucava somente a caneta no bloco de anotações para não perder o ritmo durante o trabalho, mas em 2013 virou também ritmista. Toca agogô e chocalho no bloco Quizomba e no infantil Mamãe Eu Quero. Nas horas vagas, pode ser encontrada nos ensaios de blocos, quadras de escolas e rodas de samba do eixo Rio-São Paulo.

Colaboração para o UOL

17/01/2017 17h18

Os megablocos Bangalafumenga e Sargento Pimenta, produzidos pela Oficina de Alegria, vão antecipar o Carnaval em São Paulo. Os desfiles acontecerão no dia 11 de fevereiro (sábado). E, portanto, fora do período determinado pela Prefeitura entre os dias 17 de fevereiro e 5 de março. Para driblar a restrição, a folia acontecerá na Praça Cívica do Memorial da América Latina, na Barra Funda. A entrada será gratuita.

Esta será a primeira vez que os blocos surgidos no Rio de Janeiro, que desfilam em São Paulo desde 2012, não farão um cortejo na rua. A justificativa para a mudança, segundo os responsáveis pela Oficina de Alegria, é a aglomeração de desfiles, principalmente no fim de semana de pré-Carnaval, quando há a maior concentração de blocos na cidade e obriga o público a escolher qual acompanhar.

“Nós tínhamos o apoio dos foliões que querem acompanhar vários blocos, sem ter de abrir mão de outros. É natural que, com 500 blocos inscritos, aconteçam coincidências. Por isso, decidimos antecipar nossa data no Memorial, que também é um local público, e que vai oferecer conforto e segurança para os foliões”, diz Cesar Pacci, diretor da Oficina de Alegria.

No Memorial, argumenta Pacci, não haverá transtorno para a cidade, nem intervenção de rua. “No Praça Cívica, poderemos fazer um Carnaval sem impactar a rotina da cidade”, completa.

Os desfiles do Bangalafumenga e do Sargento Pimenta ajudaram os paulistanos a pegar gosto pelo Carnaval de Rua. Nos dois primeiros anos, os grupos se apresentaram na Vila Madalena. Em 2014 e 2015, pelo aumento do público, os desfiles aconteceram na Avenida Sumaré. No ano passado, no entanto, a Sumaré foi interditada para o Carnaval e os grupos foram obrigados a desfilar na Avenida Tiradentes. A apresentação ocorreu no mesmo dia e horários que os blocos Bicho Maluco Beleza, de Alceu Valença, Casa Comigo, Ritaleena e outros que também arrastam multidões.

Em 2015, a média de público foi de 80 mil pessoas. Em 2016, segundo  estimativa da Prefeitura,  variou de 50 a 60 mil pessoas. “Tivemos um bom público, levando em consideração que havia outros blocos no mesmo horário”, avaliou Pacci. De acordo com o produtor, a capacidade de público da Praça do Memorial deve ficar entre 40 a 50 mil, de acordo com a montagem do palco.

Fim de semana de folia

Além da apresentação de Banga e Sargento no sábado, 11 de fevereiro, o Carnaval na Praça terá, no domingo (12), o grupo BaianaSystem e o bloco carioca Exagerado, dedicado ao repertório de Cazuza. A festa acontecerá entre 13h e 21h.

Com o Carnaval na Praça, o produtor da Oficina de Alegria afirma que haverá uma estrutura de som melhor, com palcos mais baixos para ficarem mais próximas do público e a bateria elevada. O evento contará ainda com área de alimentação e bebidas, banheiros químicos, postos médicos, ambulâncias com UTIs e serviço de limpeza.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Topo