Coluna

Jussara Soares

Com solos de guitarra, bloco quer levar rock à folia sem desvirtuar gênero

Divulgação
20.jan.2017 - Bloco carnavalesco Let? s Block estreia tocando clássicos do rock e garante que não transformará os hits em samba nem marchinhas Imagem: Divulgação
Divulgação
Jussara Soares

Jussara Soares

A jornalista Jussara Soares é de Itatiaia, RJ, e mora em São Paulo. Não nasceu com o samba, no samba não se criou, mas, desde que em 2008 começou a cobrir Carnaval, do danado do samba não se separou. Por muitos anos, batucava somente a caneta no bloco de anotações para não perder o ritmo durante o trabalho, mas em 2013 virou também ritmista. Toca agogô e chocalho no bloco Quizomba e no infantil Mamãe Eu Quero. Nas horas vagas, pode ser encontrada nos ensaios de blocos, quadras de escolas e rodas de samba do eixo Rio-São Paulo.

Colaboração para o UOL

20/01/2017 13h09

Fãs de rock poderão, enfim, curtir a folia em São Paulo. O Let’ s Block -- que desfila no sábado de Carnaval em Perdizes -- estreia neste ano com a audaciosa proposta de agradar até os puristas do gênero. Com solos de guitarra e uma bateria formada apenas por surdos e caixas, o bloco promete respeitar os arranjos originais de canções de bandas como Led Zeppelin e Red Hot Chili Peppers.

“Calma, nós não somos o ‘Sambô’”, vai logo avisando o publicitário Claudiomar Andrade, fundador do bloco ao lado dos amigos André Finhana, Alexandre Simas e Flávio Barone. Ele avisa que clássicos não serão transformados em samba, como faz o grupo musical, ou em marchinhas. “Apesar de usarmos instrumentos de samba, vamos respeitar o ritmo e a levada de cada música, com uma bateria bem marcada”, complementa.

O Let’s Block surgiu da ideia de criar uma alternativa para quem não gosta de ritmos carnavalescos e unir a paixão dos amigos pelo rock e pelo Carnaval. Alguns tiveram ou ainda têm banda de rock, e todos são ritmistas de blocos.

“Muitas pessoas não participam do Carnaval porque não gostam de samba e acreditam que não há uma qualidade musical, nem um repertório com que se identifiquem. Por isso, criamos o bloco sem cair nas releituras com samba”, explica Andrade.

Com três vocais, duas guitarras, um baixo e dez ritmistas, o bloco, que ensaia há quase um ano, promete fazer um passeio da década de 70 aos anos 2000.  No repertório, músicas de ACDC, Deep Purple, Kiss, Foo Fighters, The Strokes e Black Keys. Bandas brasileiras, como Mutantes, Raimundos, Titãs e Ultraje a Rigor, também entram no set list. “Mesmo quem não é roqueiro vai curtir. São músicas muito conhecidas”, diz o publicitário.

Let’s Block
Data: 25 de fevereiro de 2017 (sábado)
Horário: de 14h às 21h
Endereço: Rua Cotoxó, 410, Perdizes – Zona Oeste

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Jussara Soares
Topo