São Paulo

Rainha que precisou engordar e outras curiosidades da Águia de Ouro

Reprodução/Youtube
Imagem: Reprodução/Youtube

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

27/01/2017 04h00

Com mais de 40 anos de história, a Águia de Ouro é a primeira escola de samba a ganhar um livro da coleção “Minhas Histórias, Minhas Memórias”, lançado nesta semana, em São Paulo. Escrito pela pedagoga Regiane Raquel, a obra traz curiosidades da agremiação, que surgiu em 1976, através da Associação dos Jogadores de Futebol Faísca de Ouro, do bairro Pompeia, na zona oeste de São Paulo.

Divulgação
Livro "Minhas Histórias, Minhas Memórias": Águia de Ouro", da autora Regiane Raquel Imagem: Divulgação

Regiane pretende escrever mais 21 livros contando as histórias de cada escola de samba de São Paulo que faz parte da Liga. A obra, segundo a autora, é escrita de maneira leve e divertida, “desde a senhorinha que cozinha para as pessoas do barracão até o presidente e a rainha de bateria”.

“O projeto foi idealizado a partir da minha visão sobre a importância da valorização da cultura popular. Sou de Brasília e me mudei para São Paulo em 2013. Conheci o Carnaval de SP em 2011 e me apaixonei, mas percebi que eram poucos os registros sobre essa atividade tão importante para um grupo grande de pessoas”, conta ela em entrevista ao UOL.



Regiane se casou com Maurício Martins, membro do conselho fiscal da escola de samba Rosas de Ouro, e passou a frequentar as agremiações. "Comecei a observar e resolvemos colocar em prática a ideia do livro. Homenagear esses guerreiros que se dedicam ardentemente aos desfiles e às suas escolas do coração, significa enobrecer o Carnaval de São Paulo”, explica.

O livro em homenagem a Águia de Ouro vem recheado de fotos em 120 páginas. Neste ano, a escola levará para o Anhembi o samba-enredo “Amor com Amor se Paga – Um mundo Animal”. Composto pelos integrantes Douglinhas, Juca, Pelezinho, Ivanzinho, Cuca e Fernandinho SP, a azul e branca falará sobre a paixão pelos animais de estimação.

Cinco curiosidades da escola retratadas no livro:

  • Imagem: Junior Lago/UOL
    Junior Lago/UOL
    Imagem: Junior Lago/UOL

    Faísca de Ouro

    A Águia de Ouro foi fundada em 9 de maio de 1976 graças ao futebol. Jogadores do time Faísca de Ouro Futebol Clube faziam rodas de samba entre uma partida e outra, até que decidiram criar uma escola de samba. Nasceu a Águia de Ouro. Atualmente a agremiação tem cerca de 3,2 mil componentes.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Muito magra?

    Nesta época do ano em que musas, madrinhas e rainhas de bateria dedicam-se a malhação para emagrecer e ficar com o corpo sarado, Kenia, passista da Águia de Ouro, fez o processo contrário: precisou engordar para concorrer a tão sonhada vaga de rainha da escola. Ao conhecer a agremiação em 1996, ela desfilou como passista e, no ano seguinte, disputou a vaga de rainha, mas perdeu por ser magra demais. Um ano depois, engordou oito quilos, concorreu e levou a coroa. Atualmente Kenia mora na Espanha, mas todo ano participa do Carnaval no Brasil.

  • Imagem: Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
    Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News
    Imagem: Manuela Scarpa e Amauri Nehn/Brazil News

    A majestade

    Madrinha da Águia de Ouro por oito anos, Cinthia Santos não esperava ser coroada rainha de bateria da escola de samba. No livro, ela conta que pediu para o presidente, Sidney Antonio, trocar a faixa que ela carregava: "não está na hora de renovar?" Já estou usando essa há alguns anos e podíamos colocar mais brilho", lembra ela. O presidente concordou. Em 2014, no dia da festa para apresentar outra musa da escola, Cinthia foi convidada para subir ao palco para receber a nova faixa que havia cobrado. Foi quando ela foi surpreendida pela madrinha com uma coroa e a faixa escrita rainha de bateria. Cinthia não conteve as lágrimas.

  • Imagem: Lucas Lima/UOL
    Lucas Lima/UOL
    Imagem: Lucas Lima/UOL

    Segura essa alegoria!

    Em 2015, a Águia de Ouro inovou em ser a primera escola de samba a importar um carro aleórico. Com o enrendo contando a história do Japão, a escola levou para a avenida o carro alegórico japonês do tradicional Tachi Neputa, festival da cidade de Goshogawara, em Aomori. A alegoria teve que ser todo desmontada e desembarcou em 15 containers. Com tamanho original de 23 metros, o carro precisou ser adaptado para entrar no Anhembi.

  • Imagem: Leo Franco/AgNews
    Leo Franco/AgNews
    Imagem: Leo Franco/AgNews

    Amor pelos bichos

    Não é por caso que a Águia de Ouro falará sobre o amor aos animais no samba-enredo "Amor com Amor se Paga - Um mundo Animal" no Carnaval de 2017. Desde os primeiros anos de fundação, a escola adota cachorros abandonados, que seguem para lares dos membros das comunidades. A apresentadora Luisa Mell, defensora das causas em prol dos animais, foi a escolhida para ser a embaixadora da escola de samba neste ano. A Águia de Ouro é a última agremiação a entrar na avenida na sexta-feira, dia 24.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Carnaval 2017 - Link Externo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Maurício Stycer
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
Agência Estado
UOL Entretenimento
do UOL
Topo