São Paulo

Com marchinhas autorais, Jegue Elétrico desfila em protesto contra Dória

Em São Paulo

26/02/2017 21h15

Com marchinhas autorais e letras politizadas, o Cortejo Jegue Elétrico desfilou pelas ruas de Pinheiros, na zona oeste da capital, na tarde deste domingo, 26. Em clima de família, o bloco atraiu um público animado e de todas as idades. Fundado no ano 2000 pelo músico Emerson Boy, o Jegue Elétrico manteve a tradição de dar uma pegada política ao desfile.

Neste ano, o lema faz referência à guerra travada pelo prefeito João Doria (PSDB) contra pichadores em São Paulo: "Tire o seu cinza do caminho que eu quero passar com a minha cor". "A população de São Paulo carece de coisas da rua, porque isso humaniza. O que a gente precisa é de civilidade", diz o músico.

A concentração do Jegue Elétrico aconteceu na Rua Lisboa, às 13h, para onde retornou cerca de três horas depois, após o percurso. Na ida e na volta, agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) tiveram de bloquear por alguns minutos a Rua Henrique Schaumann, nos dois sentidos. A parada provocou buzinaço dos motoristas e alguns condutores fizeram retorno passando por cima do canteiro central. Do desfile, ouviam-se coros de "A rua é nossa" e "ocupar e resistir".

À frente da bateria, senhoras com panelas nas mãos puxavam a percussão. "Nossas panelas são suadas, não são gourmet, não", dizia Emerson Boy, do trio. Os músicos também criticaram o machismo e a homofobia durante o desfile."O nosso carnaval é de paz."

Muitas crianças acompanharam o percurso. "Ela adora. O bloco é uma delícia, muito animado", afirmou a publicitária Mônica Gomes, de 38 anos, com a filha Marina nos braços. "O aniversário de dois anos dela é amanhã", contou.

Todas fantasiadas, as amigas Suely Allara, Ivana Amaral e Iseisa Castro - de 57, 58 e 63 anos, respectivamente - também aprovaram a folia. "O povo é educado e faz a gente se sentir segura. Me lembra o carnaval de quando eu era criança", disse Ivana.

"O clima é muito alto astral e tem muita criança na brincadeira, é ótimo", concordou Suely. "A organização do carnaval está de parabéns, em todos os locais têm bloco. Eu adoro. Neste aqui, segurança não é problema", disse Iseisa. O Jegue Elétrico já havia desfilado no sábado, 25, por Pinheiros. O próximo cortejo do bloco esta marcado para terça-feira, 28, na Praça da República, no centro, a partir das 15h.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Carnaval 2017 - Link Externo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Maurício Stycer
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
Topo