CarnaUOL

Liga concorre para organizar Carnaval de Rua e propõe camarote em São Paulo

Jussara Soares
Presidente Liga das Escolas de Samba de São Paulo, Paulo Sérgio Ferreira ao lado do prefeito Fernando Haddad Imagem: Jussara Soares

Jussara Soares

Colaboração para o UOL, de São Paulo

17/12/2016 18h24

A Liga das Escolas de Samba de São Paulo é uma das quatro empresas que participaram do chamamento público para organizar, em parceria com a prefeitura, o Carnaval de Rua e negociar o patrocínio oficial. Na proposta da entidade, conforme publicado no Diário Oficial, há inclusive a previsão de camarote para o acompanhamento dos blocos. O presidente da entidade, Paulo Sérgio Ferreira, diz que está preocupado com o crescimento desorganizado do Carnaval de Rua.

“É fácil (os representantes dos blocos) irem no Facebook dizer que a Liga está se intrometendo. A Liga quer organização para não ficar como em outros estados”, diz Serginho, que criticou a informalidade dos blocos. “Noventa e nove por cento dos blocos não têm CNPJ, nem representante legal. Isso é preocupante. Se acontece algum acidente grave, quem será o responsável?”, questionou Serginho, durante a inauguração parcial da Fábrica do Samba neste sábado (17).

Na terça, os blocos de rua fizeram uma manifestação na Câmara de Vereadores e conseguiram evitar a segunda votação do projeto de Lei do vereador Aurélio Nomura (PSDB). Apelidado de “PL Quarta-Feira de Cinzas”, projeto ganhou uma emenda do vereador Milton Leite (DEM), patrono da agremiação Estrela do Terceiro Milênio, que exigia que todos os blocos tivessem CNPJ e se filiassem em associações, como a Liga da Escolas de Samba. A votação ficou para o próximo ano.

Para o presidente da Liga, as possíveis ocorrências no Carnaval de Rua poderão resvalar na imagem dos desfiles das escolas de samba. “A tendência da imprensa é generalizar o Carnaval, não separar os blocos das escolas. E, hoje, no Sambódromo temos 99% de aprovação”, observou.

No Carnaval 2016, o Carnaval de Rua já gerou mais lucros que o sambódromo. Segundo dados da prefeitura, os blocos movimentaram R$ 400 milhões, contra R$ 250 milhões que os desfiles das escolas de samba. Neste ano, se apresentaram 306 grupos. Para 2017, 495 se cadastraram para desfilar.

"Os investimentos também nos preocupam. Se é para investir no Carnaval de Rua, tem que beneficiar os blocos de São Paulo. E não vir empresários de outros estados, se aproveitarem dos altos valores dos patrocinadores e levarem o dinheiro para fora", disse Serginho, que evitou responder diretamente sobre a participação a Liga para captar patrocínio para o Carnaval.

Além da Liga, outras empresas que estão na disputa são a Organização em Comunicação e Propaganda, a SRCOM SP Entretenimento e Comunicação e a Dream Factory Comunicação, que assinou a folia em 2016 e fechou o patrocínio da Cervejaria Heineken do Brasil com seu rótulo Amstel fez um investimento estimado de R$ 4,6 milhões.

A decisão sobre o futuro patrocinador, no entanto, deve ficar para o início do próximo ano. A Dream Factory entrou com uma impugnação do chamamento, questionando a produção das demais empresas. As concorrentes devem dar detalhes sobre número de pessoas na produção, telão, trio elétrico e a organização dos palcos descentralizados. No caso da Liga, ela deve fornecer mais explicações sobre o camarote.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Agência Estado
Estadão Conteúdo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
TV e Famosos
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
Topo