Recife e Olinda

Folia do Recife terá decoração criada em espaços públicos por grafiteiros

Andrea Rego Barros
Jan.2017 - Grafite do artista Galo de Souza, que se inspirou nas manifestações populares e nos homenageados da festa recifense: o cantor Almir Rouche e o Caboclinho Carijós Imagem: Andrea Rego Barros

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL

23/01/2017 15h02

Um grupo de grafiteiros vai assinar os desenhos que vão decorar o Carnaval do Recife neste ano. Cinco artistas e um coletivo foram convidados para criar símbolos e personagens que serão utilizados em totens e painéis nos principais polos da folia na capital pernambucana.

 
Com 20 anos de arte de rua, Galo de Souza é um dos grafiteiros que participam do projeto. Ele se inspirou nas manifestações populares locais e nos homenageados da festa recifense: o cantor Almir Rouche e o Caboclinho Carijós -- folguedo de origem indígena típico de Pernambuco. “Também usei nuvens e um arco-íris, que são elementos característicos do meu trabalho. A ideia era que cada um colocasse seu traço.”
 
Os desenhos foram feitos de forma espontânea, conta o grafiteiro, que usou como tela uma pista de skate. “São temas muito recorrentes porque são da cultura da minha cidade e já fazem parte da minha identidade.”
 
Galo de Souza, Karina Agra, o Coletivo Vacilante, Bozó Bacamarte, Jota ZerOff e Manoel Quitério fizeram desenhos em espaços públicos do Recife. As obras, explica o presidente da Fundação de Cultura do Recife, Diego Rocha, serão fotografadas, computadorizadas e em seguida transformadas em elementos do projeto cenográfico, assinado por um escritório de arquitetura.  
 
Para Bozó Bacamarte, ter a grafitagem como parte da decoração da principal festa popular do Recife é mais uma forma de abrir espaço para a arte de rua. “Foi legal saber que isso ia rolar porque é uma maneira de mostrar nosso trabalho, de aparecer mais. É um reconhecimento num trabalho de embelezar nossa cidade”, afirma o artista.
 

Andrea Rego Barros
O grafiteiro Bozó Bacamarte, que criou ilustrações a partir de elementos da cultura popular do nordeste Imagem: Andrea Rego Barros

Bacamarte criou ilustrações com base no Movimento Armorial e no imaginário popular do Nordeste, além de figuras como passista de frevo e o Galo da Madrugada. “O maior desafio foi deixar de lado o preto e branco que é comum no meu trabalho, para fazer algo mais colorido, eufórico e vibrante."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Carnaval 2017
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Brasil
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Arcanjo
do UOL
do UOL
do UOL
Carnaval 2017
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Carnaval 2017 - Link Externo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Band Notícias
do UOL
UOL Carnaval 2017 - Link Externo
do UOL
Topo