CarnaUOL

"Aprendi que com escola de samba não se brinca", diz Ju Isen após expulsão

Felipe Abílio

Do UOL, em São Paulo

31/01/2017 04h00

Ju Isen, que ficou conhecida como a musa dos protestos contra a ex-presidente Dilma, voltou ao sambódromo um ano após ter sido agredida e expulsa do desfile da Unidos do Peruche, quando tentou protestar no meio do Anhembi em São Paulo. Atual musa da Nenê de Vila Matilde, a modelo diz que não faria de novo o que fez em 2016.

"Não me arrependo, mas não faria de novo. Entendo que tem um trabalho durante o ano todo focado para que dê certo, não vale a pena você prejudicar tanta gente que trabalha junto, aprendi que com escola de samba não se brinca", desabafou. "Recebi ameaças, tive que desativar algumas redes sociais de tantas ameaças que recebi nessa época e até que mudar de casa, me mudei para a minha própria segurança", relembrou.
 
Ju relembra que decidiu desfilar na Peruche a convite da escola justamente por ser conhecida como a musa dos protestos e que o tapa-sexo com o rosto da ex-presidente Dilma estava autorizado desde o início das negociações.
 
“O combinado era desfilar com o tapa-sexo da Dilma, mandei fazer exatamente como estava no desenho. Pouco antes do desfile me mandaram um macacão e levaram o tapa-sexo dizendo que eu não poderia usar. Quando vi a bateria parada já no desfile me veio a indignação e eu quis protestar, tirei o costeiro, abri o macacão e mostrei os seios”.
 
De volta ao Carnaval, Ju contou que não foi fácil achar uma escola que a aceitasse, mas que neste ano quer se afastar das polêmicas.
 
“Ninguém me aceitava, todo mundo que eu ligava já me relacionava a peladona do Peruche e desligava o telefone. A única que me aceitou foi a Nenê de Vila Matilde, me receberam muito bem e eu dei a minha palavra que não vou fazer nada. Quero desfilar linda e completar o percurso sem nenhuma polêmica”.
 
E a Nené também já está vacinada. Ju se diverte com a solução encontrada pela escola para que nenhuma polêmica aconteça.
 
“Vou vir toda nua, apenas com pintura e cristais. Para tirar a fantasia só com bucha e balde de água (risos)”. 
 
Com o samba-enredo "Core e tuba. A ópera de todos os povos, terra de todas as gentes, Curitiba de todos os sonhos", Ju posou em um ensaio inspirado na flora da capital do Paraná.
 
Tratamento de imagem: Mari Calvente
Assistente de fotografia: Fernanda Schimidt
Agradecimento: Parque Alfredo Volpi

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
Agência Estado
Estadão Conteúdo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
TV e Famosos
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
Topo