CarnaUOL

"Sou passista e estou rainha de bateria", diz Raíssa sobre Beija-Flor

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

16/02/2017 13h06

Aos 26 anos de idade, ela é dona de um dos reinados mais longo da Sapucaí: são 15 anos à frente da bateria da Beija-Flor de Nilópolis. Por isso, ao ser chamada de veterana, Raíssa de Oliveira torce um pouco nariz, diz que ainda tem muito gás para queimar e não pensa em pendurar as sandálias de plataformas altíssimas tão cedo. "Eu sempre falo que sou passista e estou rainha de bateria, que esse não é um posto vitalício, não é eterno. Ainda tenho muita energia, tenho muito gás e adoro estar à frente dos ritmistas, mas se tiver que sair para dar lugar a outra menina, vou sair tranquila", admite.

Raíssa tinha 12 anos quando foi escolhida pela direção da escola para substituir Sônia Capeta no posto, no final de 2002. "Eu era passista mirim e venci um concurso na minha categoria. Sonhava ser um dia rainha de bateria da minha escola, mas não tão rápido. Tanto que nos ensaios eu chorava porque queria ficar com as minhas amiguinhas lá na ala, e não na frente da bateria", diz, aos risos.

Selmy Yassuda/UOL
Jornalista de formação, Raíssa é dona de uma academia e de uma confecção de roupas femininas Imagem: Selmy Yassuda/UOL

Bem-humorada, ela conta que até hoje não sabe como consegue ficar tanto tempo no cargo. "Não existe receita de bolo, né?", fala, caindo na risada. "Mas eu sempre digo que quando a pessoa tem amor à escola e se dedica aos ensaios, se faz-se presente, não tem como não ser reconhecida e respeitada. Para mim, uma rainha precisa ser assim e, claro, ter pé no chão e humildade", avalia Raíssa, que elege suas musas e referências no mundo do samba. "Luma de Oliveira e seu carisma, Luiza Brunet e sua elegância, e Sônia Capeta e seu samba no pé".

Fantasia pronta

Faltando duas semanas para o Carnaval, Raíssa já está com a fantasia pronta para o desfile da Azul e Branco de Nilópolis, a última escola que sairá no domingo (26). Com enredo "A Virgem dos Lábios de Mel - Iracema", tudo indica que o figurino tem a ver com pouca roupa e muitas penas . "Não posso falar nada. É segredo de estado", avisa a moça, que nos últimos dias intensificou a malhação e fechou a boca.

Apesar não enfrentar problemas com a balança nem com a fita métrica, ela quer estar bem ou melhor muito bem na Sapucaí. "Eu não gostava de malhar, mas com o tempo passei a gostar. Faço musculação e danço de três a quatro vezes por semana durante o ano todo. Um mês antes, malho todos os dias e seguro o garfo. Bebo muita água e passo fome mesmo. Não tem glamour, não", brinca.

Além da fome, Raíssa também tem que lidar com a dor. "Sambar por 2 horas em cima do salto não é nada fácil. Na hora parece que o corpo fica anestesiado, mas depois é muita dor. No dia do desfile, ela triplica por causa também do nervosismo. Engraçado é que sou calejada, já faço isso há anos e sempre parece que é o meu primeiro ano. Dá vontade de sair correndo pela Sapucaí. Sofro com tudo, mas eu adoro Carnaval", observa ela, casada com o empresário Rodrigo Henriques. "Já estamos juntos há quatro anos e estamos curtindo muito o nosso momento de casal. Filhos? Não agora. Estou em fase de construir a minha vida".

Jornalista de formação, Raíssa é uma empresária bem-sucedida. Depois de uma ONG social e uma confecção de roupas femininas, ela agora é dona de uma academia em Nova Iguaçu. "A gente tem que pensar no futuro. Aproveitar todas as oportunidades que vão surgindo na vida e se jogar. Foi assim quando fui escolhida rainha e é agora na vida profissional. Tudo que tenho, eu agradeço à Beija-Flor, minha escola de coração. Um dia, eu vou deixar de ser rainha de bateria, mas sair da escola, nunca".

**Figurinos e acessórios: Rita Borell. Agradecimentos: Parque Natural de Gericinó Nilópolis 

Selmy Yassuda/UOL
Raíssa revela que um mês antes do Carnaval dá uma secada nas suas medidas: "Sou boa de garfo e gosto de comer bastante. É uma fome terrível" entrega as gargalhadas Imagem: Selmy Yassuda/UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Agência Estado
Estadão Conteúdo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
TV e Famosos
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
Topo