Rio de Janeiro

Com fantasias criativas, foliões vivem dia de famoso na Banda de Ipanema

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

25/02/2017 22h51

Criatividade e ousadia, essa talvez seja a receita de sucesso para viver um dia de celebridade durante os dias de Carnaval.

Fantasiado de Pantera cor-de-rosa, com acessórios reciclados de carnavais antigos, o mineiro Josafá Carvalho, 64, quase não conseguia dar entrevista ao UOL neste sábado (25) na tradicional Banda de Ipanema. A cada instante ele era interrompido com pedidos de fotos e respondia com bom humor: "Só se for agora".

"Gosto do Carnaval hilário, descontraído, isso é a cara da cidade. O Rio é muito plural, é o show da felicidade e a Banda de Ipanema uma tradição na folia", disse ele que frequenta o bloco há mais de 30 anos.

Marcela Ribeiro/UOL
Alex Nascimento, Gabriel Carvalho e Tiago Sousa combinaram a fantasia Imagem: Marcela Ribeiro/UOL

Na mesma linha de sucesso, os amigos cabeleireiros Alex Nascimento, Gabriel Carvalho e Tiago Sousa, fantasiados de nega maluca, não passavam despercebidos no meio da multidão.

"A gente brinca com todo mundo, criança, idoso, gay. Sabemos nosso limite e, em geral, todos se divertem e pedem fotos", conta Alex.

"A diversidade deste bloco nos encanta. O único problema é a falta de segurança. Vi algumas pessoas serem furtadas hoje", lamenta Gabriel.

Noiva cadáver atrás de marido

Vestida de noiva cadáver, a tesoureira Alessandra ficou assustada com a fama que ganhou.

"Essa fantasia eu adaptei de uma que usei na Unidos da Tijuca em 2010. Já me chamaram de Iemanjá, Frozen e noivinha safada. Muita gente me pediu para tirar fotos, estou até sem graça ", contou ela, que é divorciada e está à procura de um noivo.

Marcela Ribeiro/UOL
Imagem: Marcela Ribeiro/UOL

Por onde passava, o ator Rodrigo di Paula atraia olhares do alto da sua bota branca.

"Vim de Alerquina, namorada do coringa. Me sinto a Xuxa hoje porque as crianças vem até a mim, pedem fotos. É lindo", comemorou.

Em clima de Carnaval à moda antiga, com marchinhas e sambas tradicionais, foliões de todas as idades se divertiram.

O bloco homenageou os 120 anos de Pinxinguinha, além do  centenário de Chacrinha,  Antonio Callado, Dalva de Oliveira, David Nasser e João Saldanha.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Da Redação
Da Redação
do UOL
Agência Estado
Da Redação
Estadão Conteúdo
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Topo