São Paulo

"Fiz o melhor que pude", diz Sabrina Sato sobre desfile da Gaviões da Fiel

Manuela Scarpa/Brazil News
24.fev.2017 - Sabrina Sato, madrinha da bateria da Gaviões da Fiel, desfila sem o costeiro por conta de um atraso causado pelo trânsito no entorno do sambódromo do Anhembi Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Do UOL, em São Paulo

25/02/2017 14h06

Sabrina Sato publicou um texto por meio do seu perfil, no Instagram, comentando em tom de desabafo o atraso para o desfile da Gaviões da Fiel no sambódromo do Anhembi, em São Paulo, na madrugada deste sábado (25).

Madrinha da Gaviões, Sabrina teve problemas antes de representar sua escola na avenida. A musa ficou presa durante 30 minutos no trânsito de São Paulo, se atrasou e não conseguiu chegar ao sambódromo a tempo de iniciar o desfile.

"Com a dignidade e amor ao que faz que tão bem representam nossa mulher, fiz o melhor que pude e junto com meus companheiros de escola, entramos na avenida de cabeça erguida e peito aberto pra gritar: Acreditei, venci nesse chão, e tenho orgulho de ser Gavião", disse ela.

"E pra representar essa mulher forte [na avenida] me dediquei como nunca: fiz minha melhor fantasia, minha mais caprichada maquiagem, gastei horas treinando na madrugada, me joguei de corpo e alma no sonho de poder representar a poderosa e arretada mulher brasileira.  E nada é capaz de vencer essa mulher... nem a falta de asas (costeiro), nem os imprevistos que acontecem no caminho...", escreveu a apresentadora, referindo-se aos problemas que teve ao longo da noite, antes do desfile. 

Por causa do atraso, ela precisou entrar na avenida às pressas no meio do desfile, no recuo da bateria, sem a parte de trás de sua fantasia de cangaceira, que tinha 6.000 penas, prejudicando a apresentação da escola.
 
A reportagem do UOL testemunhou a correria e todo o nervosismo de Sabrina com a situação. Ela acabou sendo vaiada por parte da torcida corintiana.
 
Segundo a irmã de Sabrina, Karina Sato, tudo aconteceu porque ela decidiu ir de carro ao desfile, e não a pé, como de costume.
 
 

Entrar na avenida defendendo as cores da minha escola sempre me encheu de orgulho. Representar a mulher nordestina que vem pra São Paulo, cheia de sonhos e anseios, foi a realização de um sonho, um presente que minha amada Gaviões me concedeu. Poder homenagear essa mulher incansável, que acorda cedo, faz o café da família, arruma a prole pra escola, se veste, vai pro trabalho, rala o dia todo, volta pra casa espremida na condução que teima em atrasar, chega em casa, faz a janta, lava a roupa, a louça, checa a lição da garotada... Ufa!!! Será que dá pra dormir que amanhã tem tudo de novo? Mas essa mulher não desiste, tem a garra que o seco solo de sua terra natal fez crescer dentro de si.A mulher nordestina nunca se rendeu as dificuldades e imprevistos que a vida apresenta. E pra representar essa mulher forte me dediquei como nunca: fiz minha melhor fantasia, minha mais caprichada maquiagem, gastei horas treinando na madrugada, me joguei de corpo e alma no sonho de poder representar a poderosa e arretada mulher brasileira. E nada é capaz de vencer essa mulher... nem a falta de asas( costeiro), nem os imprevistos que acontecem no caminho... pq ela tem sonhos e muita coragem pra realizá-los. Com a dignidade e amor ao que faz que tão bem representam nossa mulher, fiz o melhor que pude e junto com meus companheiros de escola, entramos na avenida de cabeça erguida e peito aberto pra gritar: Acreditei, venci nesse chão, e tenho orgulho de ser Gavião! Obrigada a todos vcs pelo carinho, amor... obrigada por me emocionarem, me ensinarem... carinho que recebo de geral e isso não tem preço... obrigada por estarem comigo sempre! #carnavaldasabrina #carnaval2017 #gavioesdafiel #éverdade

Uma publicação compartilhada por Sabrina Sato (@sabrinasato) em

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Carnaval 2017 - Link Externo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Maurício Stycer
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
Agência Estado
UOL Entretenimento
do UOL
Topo