São Paulo

Samba-enredo servirá como desempate na apuração das escolas de samba de SP

25.fev.2017 - Amanda Perobelli/UOL
Imagem: 25.fev.2017 - Amanda Perobelli/UOL

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/02/2017 18h55Atualizada em 27/02/2017 19h58

O quesito samba-enredo servirá como desempate na apuração das notas das escolas de samba do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo, que será realizada na tarde de terça-feira (28). Hoje, a Liga SP (Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo) divulgou a ordem em que serão lidas as notas.

O último serve como fator para desempatar a disputa, caso isso seja necessário. Se persistir o cenário, o penúltimo quesito será utilizado (enredo) e assim por diante.

O primeiro quesito será fantasia, seguido de bateria, fatores que vão determinar emoção à disputa, diz o presidente da Liga, Paulo Sérgio Ferreira. "Você vem logo com dois quesitos determinantes no resultado. Fantasia não é fácil, não, é um quesito em que o bicho começa a pegar. Em seguida, vem a bateria para os ânimos e a temperatura aumentarem“.

Confira a ordem de leitura das notas das escolas de SP:

  1. Fantasia
  2. Bateria
  3. Comissão de frente
  4. Mestre-sala e porta-bandeira
  5. Harmonia
  6. Alegoria
  7. Evolução
  8. Enredo
  9. Samba-enredo

Veja os melhores momentos da 1ª noite de desfiles

Todas as escolas vão para a apuração sem sofrerem penalidades, deixando Vai-Vai e Nenê de Vila Matilde livres de punição.

Três integrantes da Vai-Vai não teriam passado pelo portão portão quando ele foi fechado, encerrando o desfile. Eles eram da escola, mas não integravam a apresentação. "Constatamos que fecharam em uma hora e cinco minutos. Portanto, a Vai-Vai está completamente dentro do seu tempo de desfile", afirmou o presidente da Liga.

Já sobre a demora de mais de uma hora para a Nenê começar a desfilar servirá para ajustes nas regras do ano que vem. Reclamando de óleo na pista, após o desfile da Vai-Vai, a escola atrasou o início de seu desfile. A Liga diz que o líquido era água.

"Não tem punição [para a Vai-Vai] porque é uma proposta com que a Vai-Vai veio, como todas as escolas têm o livre arbítrio, de trazer um carro com água. Vamos deixar bem claro que não tinha nenhum componente químico e sim água dentro da pista. Automaticamente, a pista ficou molhada", disse Ferreira.

Segundo o presidente da Liga, a instituição está avaliando um limite de até 20 minutos para a escola começar o desfile, além dos 15 minutos para o aquecimento. A medida será votada entre os integrantes da Liga e tem o objetivo de evitar a repetição do que aconteceu este ano. A escola que estourar esse tempo deverá ser punida com perda de pontos ou multa em dinheiro. "Na verdade, é uma proposta que foi colocada para que se abra uma discussão, que a escola não tenha o tempo livre que ela [Nenê] teve para entrar na pista". 

Ferreira também disse que a liga vai procurar o prefeito paulistano, João Doria (PSDB), para ver a questão da iluminação do Sambódromo, que, atualmente, demora a voltar em casos de falta de luz, mesmo com gerador. As lâmpadas utilizadas, de mercúrio, precisam esquentar e isso causa atrasos. No domingo (26), isso causou o atraso de cerca de dez minutos do desfile da X-9 Paulistana, do Grupo de Acesso.

"Não dá mais para aguentar as paralisações por iluminação no Sambódromo. Como aquelas lâmpadas são de mercúrio, por mais que coloque gerador, demora cerca de 15 minutos para acender. Acho que uma tolerância para qualquer ocorrido não pode passar de 20 minutos para que o espetáculo não seja interrompido por tanto tempo", disse o presidente da Liga.

Nota

Para evitar que novamente escolas fiquem sem nota dos jurados, além das medidas já anunciadas --como perda do cachê--, a Liga está tomando cuidados especiais este ano. Foram tomadas precauções na cédula de votação, como o campo para preenchimento da nota, que foi aumentado e marcado com a cor vermelha, contrastando com o amarelo da cédula. Agora é necessário preencher tanto por extenso quanto por numeral.

"Além disso, tivemos um trabalho bem feito com os jurados, há termos de treinamento. Fizemos um manual com o passo a passo do preenchimento por precaução. Para a gente que está de fora, é normal, mas o jurado está em uma cabine sendo pressionado pelo mundo inteiro, ele tem de estar realmente treinado para aguentar essa pressão", diz Ferreira.

Até o ano passado, a maior nota do quesito era preenchida no lugar da nota que deixou de ser dada. Neste ano, na ausência de uma ou mais notas em determinado quesito, será feita a média aritmética das notas atribuídas. O que ficar abaixo de de frações de até 0,05, será arredondado para baixo. O que ficar acima disso, o arredondamento será para cima. A menor nota do quesito, como em outros anos, será excluída.

Confira os melhores momentos da 2ª noite de desfiles

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Carnaval 2017 - Link Externo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Maurício Stycer
do UOL
UOL Entretenimento
Agência Estado
UOL Entretenimento
do UOL
Topo