São Paulo

Vice-campeã de 2016, Acadêmicos do Tatuapé consegue título inédito

Do UOL, em São Paulo*

28/02/2017 17h59Atualizada em 28/02/2017 21h47

Escola da zona leste vence seu primeiro Carnaval no Grupo Especial em 64 anos de existência

Após o vice-campeonato no Carnaval de São Paulo no ano passado, a Acadêmicos do Tatuapé conquistou em 2017 seu primeiro título no Grupo Especial desde sua fundação, em 1952.

"Pela primeira vez, depois de 64 anos, a nossa escola é campeã do Carnaval de São Paulo. Aqui é o momento de agradecer a todo mundo que passou por lá", comemorou o presidente Eduardo dos Santos.

Para isso, a agremiação apostou em um enredo sobre a África: "Mãe-África Conta a Sua História: Do Berço Sagrado da Humanidade à Terra Abençoada do Grande Zimbawe!". O tema desenvolvido pelo carnavalesco carioca Flávio Campello, que fez sua estreia na escola, mostrou o lado festivo do povo africano, falando sobre fé, religião, cultura e tradição.

Reprodução/UOL
Imagem: Reprodução/UOL

"Dedico este título à comunidade que está lá na quadra agora assistindo à apuração nota a nota. Dedico este título a eles. Só a eles", disse Campelo.

O presidente da escola também ressaltou a importância da comunidade no Carnaval da Tatuapé. "Nós demos a última marretada, mas a pedra não quebra na última. Ela quebra na soma de todas as marretadas. E eles deram muita. É trabalho, é compromisso, a força da nossa comunidade. É essa a nossa diferença", disse o dirigente da agremiação, que ao contrário da maioria das agremiações, não vende fantasias.

O desfile

Quarta a desfilar na sexta-feira (24), a agremiação da zona leste veio com um desfile coeso e vibrante ao mostrar as cores, as festividades e riquezas do continente africano. A agremiação se valeu de ter um dos melhores sambas da safra e fez paradinhas para o público cantar em coro o refrão: "É de arerê / Ilê, ijexá/ Essa kizomba de um povo feliz/ Eu sou a África / Derramo meu axé/ Canta Tatuapé."

Mesmo enfrentando problemas com a chuva no dia do desfile, que molhou as fantasias, que tiveram que ser secadas com secador, a azul e branco empolgou o público com o "axé" e a diversidade da herança africana. Brilharam na apresentação a beleza dos carros alegóricos, um deles soltando incenso, e a riqueza dos adereços e fantasias, que incluíram turbantes, muitas plumas e trajes inspirados em tribos africanas.

Um dos destaques do desfile, praticamente perfeito do ponto de vista técnico, foi a participação da sambista Leci Brandão, que saiu antes da comissão de frente, como madrinha da escola. A animação dos integrantes também chamou a atenção e ajudou a contagiar o público, que acompanhou várias paradinhas da bateria (ou "paradonas").

Para dar sorte, a Tatuapé contou com o intérprete Celsinho Mody, considerado um dos melhores da atualidade, a bateria de mestre Higor, a rainha estreante e musa fitness Andrea Capitulino e a musa Sabrina Boing Boing, que prometeu ficar nua caso a escola levasse o título e fez sua despedida do Carnaval. A Acadêmicos do Tatuapé foi ainda a única escola do Grupo Especial a ter um rei de bateria, o dançarino Daniel Manzioni.

Apuração

A Tataupé garantiu o título apenas na leitura da última nota do último quesito, samba-enredo, ao empatar com a Dragões da Real, que vinha se mantendo na liderança desde o sexto dos nove quesitos. Pelo critério de desempate, seria considerada campeã a escola que tivesse maior pontuação na soma de notas daquele quesito.

"Foi no último segundo, mas graças a Deus veio. Na sexta-feira, quando fechou o portão, sabíamos", disse o presidente da Tatuapé, Eduardo dos Santos. "Vai ter festa até sábado de manhã. O nosso enredo era uma festa. Ninguém faz festa igual ao povo africano", completou Santos, que já convidou para a preparação do Carnaval 2018. "Começamos a trabalhar nosso enredo no dia 23 de abril. E todos estão convidados a começar com a gente o novo enredo no dia de nosso santo de devoção, São Jorge".

Renato Remondini Rodrigues, o Tomate, presidente da Dragões da Real recebeu de cabeça erguida o resultado final da apuração. "A gente vai continuar lutando. A escola é muito nova. Nós empatamos. Vamos comemorar muito nosso vice-campeonato. E ano que vem segura que vai ser melhor."

Dragões ficou com o segundo lugar, Vai-Vai com o terceiro, Império de Casa Verde com o quarto, Rosas de Ouro com o quinto e Mocidade Alegre com o sexto. As seis primeiras colocadas voltam ao Anhembi nesta sexta-feira, para o desfile das campeãs.

Neguitão, presidente da Vai-Vai, não lamentou o terceiro lugar e parabenizou a campeã. "Carnaval é isso aí, ano que vem tem mais. Quero parabenizar a Tatuapé pelo belíssimo espetáculo", disse ele, que também elogiou a organização do Carnaval deste ano.

Águia de Ouro e Nenê de Vila Matilde ficaram nas últimas posições e foram rebaixadas para o Grupo de Acesso. Clique aqui para ver o placar completo da apuração.

Grupo de Acesso

A X-9 Paulistana é a campeã do Grupo de Acesso do Carnaval de São Paulo. A escola desfilou o enredo “Vim, vi e venci! A Saga Artística de um Semideus”. Na apuração das notas, realizada na noite desta terça-feira (28) no Anhembi, a Independente Tricolor -- que desfilou o enredo "É Mentira!" -- ficou com o vice-campeonato. As duas sobem para o Grupo Especial, que agora reunirá quatros escolas que têm origem em torcidas de futebol: Mancha Verde, Gaviões da Fiel e Dragões da Real, além da Independente

* Com informações de Alessandro Reis e Luiza Oliveira

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Carnaval 2017 - Link Externo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
Maurício Stycer
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
Agência Estado
UOL Entretenimento
do UOL
Topo