Rio de Janeiro

Tijuca e Tuiuti têm piores notas em alegorias e adereços e também evolução

Bruna Prado/UOL
Integrante da Unidos da Tijuca é socorrido após teto de carro alegórico desabar na concentração da Sapucaí Imagem: Bruna Prado/UOL

Do UOL, em São Paulo

01/03/2017 17h07

Unidos da Tijuca e Paraíso do Tuiuti tiveram as piores notas de alegorias e adereços no início da apuração do Carnaval 2017, no sambódromo do Rio, nesta Quarta-Feira de Cinzas (1). As duas tiveram 29,4 e 29,5 pontos na soma dos quatro jurados, não obtendo nenhuma nota dez. No quesito evolução, o sexto a ter suas notas lidas, as duas agremiações também tiveram as piores marcas, deixando-as na lanterninha da tabela. Em evolução, a Tijuca somou 29,4 pontos, enquanto a Tuiuti anotou 29,2, os piores resultados entre todas as competidoras.

Tanto alegorias e adereços quanto evolução são quesitos fundamentais para a decisão do campeonato de 2017, já que as escolas duas escolas tiveram acidentes com carros alegóricos, o que impacta diretamente nas notas. O problema com as alegorias prejudicou a estrutura e o andamento das apresentações. As agremiações tiveram de coordenar o desfile simultaneamente com operações de resgate, pois mais de 30 pessoas ficaram feridas nos dois dias.

Na Unidos da Tijuca, a parte de cima do segundo carro alegórico afundou antes de entrar na Marquês de Sapucaí. A alegoria representava a Cidade de Nova Orleans e estava pronto para atravessar a avenida, com mais de 30 componentes a postos. O desfile chegou a ser interrompido, mas voltou minutos depois, e o carro ficou parado enquanto os integrantes eram socorridos. Para entrar na avenida, as alas e destaques que estavam posicionadas atrás do carro tiveram de ultrapassar a alegoria pelo corredor que se formou na lateral, junto à grade, e então se reorganizar para tomar a pista novamente. Por conta do acidente, a escola estourou o tempo máximo de desfile e, por isso, perderá um décimo na soma total de pontos.

Na Paraíso do Tuiuti, vinte pessoas foram atropeladas e prensadas contra uma grade do sambódromo por um carro alegórico logo no início do desfile. Os feridos estavam na lateral da pista do sambódromo e foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros.

Não haverá rebaixamento

No início da tarde, a Liga Independente das Escolas de Samba decidiu que nenhuma escola cairá para o Grupo A, e que, com a subida da campeã do acesso, o Grupo Especial terá 13 escolas em 2018. Segundo a Liesa, a decisão foi tomada em 'solidariedade' às agremiações que enfrentaram os acidentes que deixaram mais de 30 pessoas feridas nas duas noites de desfile.

A ordem de leitura das notas nesta Quarta-Feira de Cinzas é: 1- Alegorias e adereços; 2 – Bateria; 3 – Fantasias; 4 – Samba Enredo; 5 – Comissão de Frente; 6 – Evolução; 7 – Harmonia; 8 – Mestre-sala e Porta-bandeira; e 9 – Enredo.
 

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Da Redação
Da Redação
do UOL
Agência Estado
Da Redação
Estadão Conteúdo
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Topo