Blocos de rua

Com gritos de "Fora Temer", Orquestra Voadora estreia em São Paulo

Jussara Soares

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/03/2017 17h04

A Orquestra Voadora, bloco carioca inspirado nas antigas fanfarras e que mistura metais, percussão e artistas circenses, desfilou neste sábado (4), na Vila Nova Conceição, bairro nobre da Zona Sul de São Paulo, com gritos de "Fora Temer", acompanhado pelo modesto público que seguiu o cortejo.

O cicerone da Orquestra pediu por educação gratuita e de qualidade, pela legalização da drogas e para que o poder público com movimentos sociais, como MTST e estudantes secundaristas. Durante o trajeto, delações de Marcelo Ordebrecht citando o presidente Michel Temer foram lembradas.

De acordo com a Prefeitura, 3 mil pessoas foram à Avenida Hélio Pellegrino. Já os organizadores estimam um público rotativo, ente 10h e 16h30, de 5 mil a 10 mil pessoas.

Fundado em 2008 no Rio de Janeiro, o grupo se apresenta com trompete, trombone, tuba e sax. Sem um vocal, metais e percussão tocam sucessos da MPB e hits internacionais. Pernas de pau, malabares e acrobatas completam o cortejo.

Dois ônibus com cerca de 90 pessoas saíram do Rio de Janeiro para participar do desfile em São Paulo. Outros integrantes vieram por conta própria de avião, como foi o caso da analista de compras Rafaelle Castro. "Era uma curiosidade ter essa experiência em São Paulo", afirmou.

"É muito bacana esse momento de troca ente Rio e São Paulo. São cidades diferentes, mas a festa é uma só", diz André Ramos, um dos fundadores da Orquestra.

O pós-Carnaval na Vila Nova Conceição começou com outro bloco carioca, o Batucalacatuca, que se apresentou com cerca de 40 músicos.

Rogério Oliveira, produtor da Pipoca.Co, responsável pela organização dos desfiles, disse que inicialmente a intenção era sair no Centro. "Mas como vimos que a região estava com muitos blocos, resolvemos vir para Vila Nova Conceição. Essa festa existe para isso: ocupar novos lugares na cidade, se levar menos a sério e tornar a vida mais leve depois do Carnaval", disse.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Agência Estado
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
Agência Estado
Carnaval 2017
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
Topo