Unidos de Padre Miguel escolhe samba que homenageará Dias Gomes em 2019

Diego Mendes/Divulgação
Imagem: Diego Mendes/Divulgação
Anderson Baltar

Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

01/09/2018 09h22

Em uma disputa acirrada, a Unidos de Padre Miguel definiu, na madrugada deste sábado, o seu samba para o Carnaval 2019. A tradicional escola, vizinha da multi-campeã Mocidade Independente, busca voltar ao Grupo Especial, onde não desfila desde o Carnaval de 1972. Para conseguir o feito, aposta na obra assinada por Jefinho Rodrigues, Igor Leal, Jonas Marques, Wagner Santos, Gulle, Eli Penteado, Ruth Labre e Roni Pit’stop.

Uma das escolas de maior investimento da Série A (equivalente ao Grupo de Acesso), a Unidos de Padre Miguel vem colecionando bons resultados. Nos últimos quatro anos, foi vice-campeã em três. Para romper o incômodo jejum e desfilar entre as grandes, a vermelha e branca aposta no enredo “Qualquer semelhança não terá sido mera coincidência”. Quinta escola a desfilar na sexta-feira de Carnaval, a Unidos de Padre Miguel homenageará o dramaturgo Dias Gomes.

O carnavalesco João Vitor Araújo, em seu segundo ano na escola, aposta em um enredo de fácil assimilação popular. Ao longo do desfile da Unidos de Padre Miguel, surgirão obras e personagens imortais de Dias Gomes, como “O Pagador de Promessas”, “O Bem Amado” e o indefectível prefeito Odorico Paraguaçu, “Roque Santeiro”, “Saramandaia” e “Bandeira 2”.

Confira o samba da Unidos de Padre Miguel para o Carnaval 2019:
Compositores:
Jefinho Rodrigues, Igor Leal, Jonas Marques, Wagner Santos, Gulle, Eli Penteado, Ruth Labre e Roni Pit’stop

ZÉ… NADA MUDA NESSA TERRA
CONTINUAM AS PROMESSAS
PÁTRIA MÃE DA IGNORÂNCIA
ZÉ… NESSA CRUZ QUE TU CARREGAS
PESA A FÉ DO OPRESSOR
FARDO DA INTOLERÂNCIA
OYÁ POR NÓS SANTA SENHORA
POIS SOMOS ÓRFÃOS DO SABER
PORCINA O POVO PEDE ESMOLA
ENQUANTO SURRUPIAM NO PODER
MAS RESSUSCITA A ESPERANÇA
UM NOVO ROQUE PRA LUTAR
PERDIDOS A GENTE NÃO SABE
EM QUEM ACREDITAR

EU VI O PODER CEGAR A RAZÃO
OUVI A VINGANÇA IMPLORAR O PERDÃO
AONDE HÁ GANÂNCIA A MALDADE SOBRA
UM DIA A JUSTIÇA DIVINA COBRA

MAS ERGUESSE IMPONENTE A AMBIÇÃO
E A NATUREZA IMPLORA
E NESSA SELVA O POVO PERDE O SONO
É MUITA TERRA PRA POUCO DONO
O TEMPO PASSA E CONTINUA O ABANDONO
MAS HÁ DE VOLTAR O REI
PRA ERGUER MAIS ALTO
A NOSSA BANDEIRA
UNIDOS A MALANDROS E CABROCHAS
COM AS FERIDAS EXPOSTAS
VÃO SAMBAR A NOITE INTEIRA
OH! MEU BRASIL
ESCUTE A VOZ DA NOSSA GENTE BAMBA
VILA VINTÉM!
AQUI SE APRENDE A AMAR O SAMBA
EM “DIAS”, A INSPIRAÇÃO
MISTÉRIOS NA CENA FATAL
REALIDADE OU ILUSÃO?
CARNAVAL!

PADRE MIGUEL, A VIDA IMITA A ARTE
GANHAR OU PERDER FAZ PARTE
O PRANTO DE OUTRORA REGOU A RAIZ
TEU POVO ESPERA UM FINAL FELIZ

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais CarnaUOL

Topo