CarnaUOL

Anderson Baltar

Feriado quente com as eliminatórias nas escolas de samba cariocas

Eduardo Hollanda/Divulgação
Eliminatória da Mocidade acontecem no dia 22/9 Imagem: Eduardo Hollanda/Divulgação
Anderson Baltar

Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

06/09/2018 17h35

Setembro chegou e com ele, a reta final da disputa de samba nas escolas cariocas. Neste feriado prolongado, é um programa quase obrigatório acompanhar as eliminatórias nas quadras. Das 14 agremiações do Grupo Especial, 10 estão com os concursos que escolherão os sambas para o próximo Carnaval em andamento e em diferentes momentos. Se na Mocidade Independente de Padre Miguel, que abrirá a temporada de finais no dia 22 de setembro, apenas seis sambas sobrevivem, na Beija-Flor de Nilópolis, 29 obras estão no início da disputa, que terá fim no dia 11 de outubro.

Quatro escolas optaram por não realizar eliminatórias de samba-enredo. O Império Serrano adaptou para samba-enredo "O Que É O Que É", clássico de Gonzaguinha. A São Clemente reeditará "E o Samba Sambou”, hino do Carnaval de 1990. Já Acadêmicos do Grande Rio e Paraíso do Tuiuti optaram por encomendar seus sambas.
Confira um panorama de como estão as disputas nas escolas:

Mocidade Independente de Padre Miguel (final no dia 22 de setembro) – A competição na Mocidade está chegando à reta final. Primeira escola a começar o seu concurso, também será a primeira a definir. Dos 20 inscritos, neste momento, seis estão na competição. A próxima eliminatória será neste domingo, a partir das 17h na quadra antiga da escola (Rua Cel Tamarindo 38 – Padre Miguel). Ingressos a R$ 10. O enredo da escola é “Eu sou o Tempo. Tempo é Vida”, do carnavalesco Alexandre Louzada.

Unidos de Vila Isabel (final no dia 28 de setembro) – A escola do bairro de Noel Rosa conta com nove sambas no páreo. A azul e branca, que tem como enredo “Em nome do Pai, do Filho e dos Santos, a Vila canta a cidade de Pedro”, do carnavalesco Edson Pereira, realiza a próxima eliminatória neste sábado, a partir das 21h30, em sua quadra (Boulevard 28 de setembro,  382 – Vila Isabel). O ingresso custa R$ 10.

Estação Primeira de Mangueira (final no dia 29 de setembro) – A verde e rosa, que apresentará o enredo “História para ninar gente grande”, do carnavalesco Leandro Vieira, realiza mais uma etapa neste sábado, a partir das 20h, na quadra da escola (Rua Visconde de Niterói, 1072 – Mangueira). Oito sambas estão classificados.

Unidos do Viradouro (final no dia 29 de setembro) - A vermelha e branca de Niterói, que está de volta ao Grupo Especial neste Carnaval, tem como enredo “Viraviradouro”, do carnavalesco Paulo Barros.  Oito parcerias estão na briga e se apresentam neste sábado a partir das 18h na quadra da escola (Av. do Contorno, 16 – Barreto, Niterói). A entrada é gratuita.

Portela (final no dia 5 de outubro) – A disputa na Portela é uma das que mais tem atraído a atenção dos sambistas. Não sem motivo: o enredo da escola homenageia Clara Nunes e tem a assinatura da carnavalesca Rosa Magalhães. Neste domingo, a partir das 16h, 16 sambas se apresentam na quadra da escola (Rua Clara Nunes, 81, Madureira). O ingresso custa R$ 10.

União da Ilha do Governador (final no dia 6 de outubro) – Com o enredo “A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu”, do carnavalesco Severo Luzardo, a União da Ilha conta com 14 sambas em sua disputa e faz a primeira eliminatória neste sábado em sua quadra (Estrada do Galeão, 322 – Ilha do Governador). A entrada custa R$ 10.

Acadêmicos do Salgueiro (final no dia 11 de outubro) – A vermelha e branca da Tijuca foi uma das que começou primeiro a sua disputa e conta com oito sambas no páreo. O enredo é “Xangô”, do carnavalesco Alex de Souza. O próximo corte será no sábado a partir das 23h. A quadra do Salgueiro fica na Rua Silva Teles, 104, no Andaraí. O ingresso custa R$ 20.

Beija-Flor de Nilópolis (final no dia 11 de outubro) – A atual campeã foi a escola que mais tarde começou a disputa: na última segunda-feira se apresentaram os 14 sambas da primeira chave. Nesta quinta-feira, os 15 concorrentes da segunda chave se apresentarão na quadra da escola (Rua Pracinha Wallace Paes Leme, 1025 – Nilópolis). A entrada é franca. A Beija-Flor apresentará o enredo “Quem não viu, vai ver... As Fábulas do Beija-Flor'', da Comissão de Carnaval.

Unidos da Tijuca (final no dia 13 de outubro) – A azul e amarela está fazendo suas eliminatórias nas quintas-feiras. Doze sambas se apresentarão nesta quinta-feira, a partir das 20h. O enredo da Tijuca é “Cada macaco no seu galho. Ó, meu Pai, me dê o pão que eu não morro de fome!”, da Comissão de Carnaval. A quadra da escola fica na Av. Francisco Bicalho, 47, na Zona Portuária. A entrada é franca.

Imperatriz Leopoldinense (final no dia 17 de outubro) – A Imperatriz faz mais uma eliminatória neste domingo, a partir das 20h, em sua quadra (Rua Professor Lacê, 235 – Ramos). Sete sambas estão na disputa e o enredo é “Me dá um dinheiro aí”, dos carnavalescos Mário e Kaká Monteiro. A entrada custa R$ 10.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Anderson Baltar
Topo