CarnaUOL

Blocos de rua

Sem prever público, dispersão do MinhoQueens termina em confusão com a PM

Kleber Galvão/Divulgação
Em 2017, MinhoQueens reuniu multidão no Largo do Arouche Imagem: Kleber Galvão/Divulgação

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL, em SP

15/01/2018 19h09

Com tantos eventos acontecendo em São Paulo, os organizadores do bloco MinhoQueens foram pegos de surpresa com o enorme público na prévia organizada por eles, no último sábado, na Bela Vista. “A cidade está com inúmeros eventos devido à época pré-Carnaval”, diz o produtor Fernando Magrin.

A prévia aconteceu em um bar à altura do número 886, na rua 13 de Maio. Mais de 4 mil pessoas confirmaram presença no evento oficial do bloco, no Facebook. O público terminou ocupando a rua em frente ao estabelecimento, mas o MinhoQueens não tinha autorização da prefeitura para fechar a via. “Em nosso primeiro evento, o bar abrigou a todos sem maiores problemas. Desta forma, não haveria necessidade de autorização da prefeitura ou de qualquer outro órgão”, diz o produtor.

Por volta das 18h30, a PM chegou ao local e pediu para que se encerrasse o evento. “Pedimos aos foliões que esvaziassem as ruas, o que aconteceu”, garante Fernando Magrin. Ele também diz que os organizadores conversaram inúmeras vezes com os policiais para evitar maiores conflitos. “A ação do Batalhão de Choque ocorreu após o encerramento das atividades do bloco. No momento em que eles chegaram, não havia nenhuma aglomeração na frente do bar nem nos metros mais próximos ao lado. Neste momento, o bar estava fechado e não havia nenhum tipo de som tocando.”

As pessoas que permaneceram no local foram dispersadas com bomba de gás e balas de borracha. Houve feridos, como é o caso do analista administrativo João Marcelo Zalkauskas, atingido por um dos disparos. “Não esperava que mesmo estando longe fosse ser atingido por uma bala de borracha disparada pela PM”, escreveu na legenda da foto, no Facebook, na qual mostra o ferimento em um dos ombros.

 “Não esperava que mesmo estando longe fosse ser atingido por uma bala de borracha disparada pela PM”, João Marcelo Zalkauskas, que estava no bloco

A PM foi procurada pela reportagem, mas até a última atualização desta matéria não respondeu. Em nota à Folha, a polícia disse que enviou ao local uma viatura após reclamações de perturbação de sossego, furtos e comércio ilegal.

Segundo os policiais, foi pedido aos participantes do evento que desocupassem a rua; com a insistência em permanecer, chegaram reforços do batalhão local e da Força Tática. A PM, no entanto, desconhece “relatos de abusos, pessoas feridas e ações ilegais” na abordagem.

BLOCO

O Bloco MinhoQueens desfila no sábado de Carnaval, a partir das 16h, saindo da praça da República. São esperadas 60 mil pessoas. “Estamos preparados”, afirma Fernando Magrin. “Contamos com a colaboração da prefeitura e dos demais órgãos públicos para a idealização deste evento, como a CET e a própria PM.” Até lá, não está prevista nenhuma outra prévia. Mas caso haja, garante o produtor, será com a devida infraestrutura que dê conforto aos foliões.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Arcanjo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
Topo