CarnaUOL

Blocos de rua

Martinho da Vila é reverenciado por 5 mil foliões da Banda de Ipanema

Giovani Lettiere

Colaboração para o UOL, do Rio

20/01/2018 19h35

O ensaio da tradicional Banda de Ipanema - bloco de rua do Rio que desfila há 54 anos e é considerado Patrimônio Cultural Carioca - contou neste sábado à tarde (20) com a presença ilustre do homenageado deste Carnaval: o cantor e compositor Martinho da Vila. Sorridente, o sambista recebeu uma faixa e se disse "maravilhado" com tamanha honraria em conversa com o UOL. "Achei essa homenagem incrível. Não tem nem como passar o que a gente sente. É uma maravilha", comentou Martinho, reverenciado por cinco mil foliões que lotaram a Praça General Osório, coração do bairro de Ipanema, na zona sul da cidade.

Ele foi apresentado no meio dos ritmistas da banda, sob olhar atento da filha, a cantora Mart'Nália, que fotografava a homenagem ao pai. Prestes a completar 80 anos de idade, no próximo dia 12 de fevereiro, Martinho disse que não esperava virar um octogenário. "Nunca pensei que chegaria aos 80 anos. Cheguei e estou bem. Estou aqui, sempre tranquilo", garantiu o sambista, que lançou na sexta-feira (19) um novo CD.

Durante sua apresentação, a banda tocou músicas de sucesso dele, como "Madalena", "Canta Canta, Minha Gente", e "Quizomba, Festa da Raça", samba-enredo da Vila Isabel vencedor do Carnaval de 1988 na Sapucaí é composto por Martinho, para delírio dos foliões. Também não faltaram no repertório marchinhas antigas, como "Me Dá Um Dinheiro Aí".

Simpático, depois Martinho seguiu para a tenda da Banda, onde deu atenção aos foliões e fãs e tirou fotos com eles. "Ele merece essa homenagem toda. Entende como poucos de samba e da alma carioca", elogiou a professora aposentada Helena Santos, de 62 anos. Mas a maioria dos frequentadores do bloco era bem jovem e só queria saber de curtir a folia. Alguns estavam fantasiados ou usando adereços de cabeça, como arcos de flores ou unicórnios, febre deste Carnaval. Para economizar em tempos de crise, muitos foliões trouxeram coolers ou bolsas térmicas de casa com bebidas.

Ele prometeu vir nos dois desfiles oficiais da Banda de Ipanema, que acontecem no sábado de Carnaval, dia 10, e no dia 13, na Terça-Feira Gorda.

Embora ainda faltando 20 dias para o início oficial do Carnaval, a praça recebeu estrutura da Prefeitura do Rio para a folia: havia muitos banheiros químicos, posto médico com ambulância, os canteiros dos jardins estavam cercados para os foliões não pisarem nas plantas e havia reforço no policiamento.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Arcanjo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
Topo