CarnaUOL

Salvador

No Pelourinho, Casa do Carnaval inaugura nesta 2ª com presença de famosos

Adriana de Barros/UOL
Fachada da Casa do Carnaval da Bahia no Centro Histórico de Salvador Imagem: Adriana de Barros/UOL

Adriana de Barros

Do UOL, em São Paulo

05/02/2018 11h31

Se o Carnaval é uma brincadeira, um museu que conta sua história não poderia ser diferente. Foi pensando nisso que o curador Gringo Cardia projetou a Casa do Carnaval da Bahia, que abre as portas nesta segunda (5), no Centro Histórico de Salvador.

A proposta é resgatar as origens da folia soteropolitana, que ficou conhecida mundialmente pela mistura de gêneros musicais, utilizando recursos audiovisuais, tecnologia e dança.

Com vista para a baía de Todos os Santos, o imóvel foi restaurado exclusivamente para receber o museu, que conta com quatro pavimentos modernizados. O folião terá a sensação de ter participado da história da folia momesca que ultrapassou barreiras e tornou-se famoso pelo mundo todo pela sua grandiosidade e diversidade de ritmos.

Aqueles que nunca estiveram em terras baianas durante o Carnaval terão oportunidade de conhecer, desde os primórdios, figuras que construíram a cena carnavalesca da Bahia. Difícil ficar sem cantarolar um dos sucessos que marcaram a folia enquanto é feita a visita.

Figuras que passaram a se tornar fundamental na festa são destacadas: o cordeiro, o Momo, o ambulante, o filho de Gandhy, o policial. Tudo representado por bonecos criados pela artesã Cibele Sales e seu filho Gustavo Barreto, responsável pela confecção das miniaturas dos instrumentos. No alto de uma das salas, um grande sombreiro inspirado naqueles usados pelo Cortejo Afro, chama atenção pela explosão de luzes.

Por meio de vídeos, é apresentada a diversidade e transformações da folia. A vitrine com miniaturas de trios-elétricos chama atenção. Estão dispostas a primeira Fobica até os mais modernos e grandiosos carros utilizados pelas grandes estrelas da música baiana atual.

O Carnaval do interior é representado pelo Os Caretas de Maragogipe - também expostos na entrada do museu - e Os Cães de Jacobina. Ainda há roupas originais de artistas como Ivete Sangalo, Carla Perez, Daniela Mercury, Saulo, Brown, entre outros.

Adriana de Barros/UOL
Vitrine com tecidos dos blocos afros Imagem: Adriana de Barros/UOL
Os tecidos utilizados pelos blocos afros Ilê Aiyê, Cortejo Afro, Olodum, Muzenza e Malê de Balê podem ser vistos na vitrine que reúne figurinos de todos eles. No tamanho real e também em miniaturas. Ainda no térreo, uma sala reúne instrumentos como tambores e guitarras baianas cedidos pelos artistas locais.

No primeiro andar, duas salas de cinema interativo com danças e ritmos. Ao comprar o ingresso, o visitante escolhe a sessão do filme que quer ver, e cada uma tem duração de 10 minutos, com outros cinco para fotos com os ornamentos disposto na sala. A capacidade da sessão é de 30 pessoas por sala.

Um instrutor incentivará os presentes a acompanharem a coreografia. O visitante terá acesso aos adereços, poderá se montar e partir para a alegria que o Carnaval oferece. É uma das salas mais divertidas. Mesmo para os mais encabulados é difícil não entrar na brincadeira.

Para finalizar o passeio há ainda a opção de subir ao terraço, com cores bem fortes na decoração, de onde é possível ter a vista que promete ficar na memória do folião.

Com apenas quatro meses desde o início do projeto, a Casa do Carnaval inaugura nesta segunda (5), às 16h, com a presença de artistas como Bell Marques, Baby do Brasil, Daniela Mercury, Alexandre Peixe, João Jorge (Olodum), Magary Lord e Armandinho.

A abertura para o público será na terça (6), no entanto, os visitantes terão que fazer o agendamento até o fim de fevereiro. Nos dias de Carnaval, o local estará fechado. 

Serviço
Casa do Carnaval
Quando: De terça a domingo, das 11h às 19h
Onde: Antiga Casa do Frontispício, praça da Sé, Centro histórico de Salvador
Quanto: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Inf: (71) 3324-6730 e (71) 3324-6791


*A jornalista viajou a convite da Prefeitura de Salvador

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
UOL Especiais
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Carnaval 2018
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo