CarnaUOL

São Paulo

Três regras básicas para ajudar sua escola a ser Harmonia nota 10

Simon Plestenjak/UOL
Ter o samba-enredo na ponta da língua ajuda muito a escola no quesito harmonia Imagem: Simon Plestenjak/UOL

Soraia Gama

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/02/2018 18h29

Quer desfilar no Anhembi e ajudar a sua escola a ser campeã no Carnaval paulistano? Pode até parecer bobagem de tão óbvio, mas as três regras a seguir são unanimidades entre os diretores de Harmonia da Dragões da Real, Gaviões da Fiel, Rosas de Ouro e Unidos do Peruche. Essas escolas tiraram quatro notas máximas nesse quesito no Carnaval de 2017 [um jurado esqueceu de dar a nota da Peruche, mas, pelo regulamento da Liga, ficou valendo a média das outras três].

Não é impossível

1) Ter o samba na ponta da língua e soltar a voz com vontade. E sempre entrosado com o ritmo da bateria e o canto do intérprete da escola. Não adianta só mexer a boca e sorrir. O jurado vai perceber que você está só enrolando.

2) Celular jamais! O Anhembi não é lugar de tirar selfie. Pelo menos não enquanto você estiver desfilando. Afinal, ninguém consegue cantar e fotografar ao mesmo tempo.

3)  Gosta de um esquenta? Esqueça e nem pense em desfilar com os sentidos alterados pelo álcool. Deixe a cerveja para a dispersão. Assim você comemora à vontade e não atrapalha a sua escola.

É claro que ser campeã não depende só da Harmonia. São nove os quesitos julgados: Alegoria, Bateria, Comissão de Frente, Enredo, Evolução, Fantasia, Harmonia, Mestre-sala e Porta-bandeira e Samba-enredo. “Na Harmonia é basicamente o componente que faz a diferença. Ele tem de saber o samba. O canto tem de estar entrosado com o ritmo da Bateria”, explica Márcio Rodrigues de Souza, diretor de carnaval da Gaviões. “Por isso temos o projeto Comunidade Fiel. O componente não paga a fantasia, mas tem de marcar presença nos ensaios de quadra e nos três ensaios técnicos.”

Para Júlio César Teixeira, da direção de Harmonia da Rosas, uma escola que canta tem meio Carnaval ganho. “O Carnaval hoje tem muita proibição, mas tem coisas que saltam aos olhos [dos jurados] e a principal delas é não cantar”, diz ele. Mas não é tarefa fácil, principalmente quando a escola recebe muita gente de fora da capital. “Às vezes vendemos alas inteiras para Sorocaba, por exemplo. Daí disponibilizamos alguém da Harmonia para ir até a cidade e ensaiar com as pessoas”, explica ele, que alerta para a importância dos ensaios técnicos no Anhembi. “O canto (Harmonia) e a Evolução estão muito ligados.”

Antonio Soares, o Toninho da Peruche, assina embaixo. “Se o componente não canta, também não dança. A bateria tem uma pulsação que é para não deixar ninguém parado, mas pode acontecer”, diz o diretor geral de Harmonia. Para Toninho, divulgar o samba atualmente é muito mais fácil. “Antigamente era preciso comprar o CD, mas agora temos muitas mídias onde é possível conhecer e decorar o samba. Isso para quem chega de última hora e não frequenta a quadra da escola [caso de empresas que compram alas inteiras para presentear clientes].”

Celular: inimigo número 1

Para não ter a surpresa desagradável de alguém tirando uma selfie com uma estrela à frente da Bateria, a Dragões da Real tem uma tática: “As personalidades que desfilam na Dragões estão sempre no chão da quadra, nada de camarote. O componente pode tirar foto à vontade, ali é o momento para isso”, explica Rogério Félix, da Comissão de Carnaval e Harmonia. O que a escola chama de “Esquadrão da Limpeza” também parece funcionar. “Tem um pessoal que fica na concentração, de olho. E, durante o desfile, se percebemos alguém com a sensação de que vai pegar o celular já fazemos o alerta.”

Mas essa ‘sensação’ vem com legenda? “São muitos anos de Carnaval. Se a pessoa olha fixo para algum ponto do Sambódromo é porque algo chamou a atenção dela. Pode esperar que vai querer fotografar”, ensina Rogério.

Há outros detalhes que você, componente, precisa prestar atenção. Carnaval é só uma vez por ano, então vale o empenho!

1) Nunca deixe a roupa de baixo aparecendo (ex: camiseta, bermuda etc)
2) Não use maquiagem forte que nada tenha a ver com a proposta da escola (com exceção das alas com maquiagem artística, é claro!)
3) Esqueça adereços como brinco, colar, pochete. Eles atrapalham e fazem com que a escola perca pontos 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Da Redação
Da Redação
Da Redação
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
Agência Estado
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
Topo