Sabrina Sato fala de medo antes de desfiles: "Acho que vou ter um derrame"

Rafael Cusato/Brazil News
Sabrina Sato ensaiou no Sambódromo do Anhembi. A apresentadora é madrinha de bateria da Gaviões da Fiel Imagem: Rafael Cusato/Brazil News

Do UOL, em São Paulo

09/02/2018 13h31

Sabrina Sato está mais do que preparada para o Carnaval. A apresentadora desfila à frente das baterias das escolas Gaviões da Fiel, neste sábado (9), em São Paulo, e Vila Isabel, no domingo, no Rio. Entretanto, ela confessou que sempre se sente insegura antes de pisar na avenida.

"Na concentração você já está com uma dor de cabeça, o peso da cabeça te apertando. E você assim no meio do caminho: eu vou ter um derrame, eu vou ter um infarto, alguma coisa vai acontecer comigo, porque já doendo tudo. Na hora, tem tanta emoção para te distrair que você não sente tanta dor. Mas dói. Tenho cicatriz no corpo inteiro, mas eu acho que faz parte, é bom que tem uma história, né?", contou ela em um vídeo publicado em sua página no Facebook.

Sabrina também falou sobre como se alimenta antes de entrar nos desfiles. "Eu como uma hora antes de entrar na avenida. Eu como o que tem no camarote na verdade, a gente nunca leva, a gente sempre esquece. Eu não sem nem por que o nutricionista ainda perde tempo explicando para mim que eu não tenho isso ou comer aquilo. Na hora a gente come massa, já comi até japonês antes de entrar. Imagina se me dá uma dor de barriga no meio da avenida".

Muita purpurina

Musa do Camarote N1, apresentado por CarnaUOL, na Marques da Sapucaí, Sabrina deu dicas de como reinar absolutamente na folia. Uma delas: muita purpurina.

“Purpurina já garante seu brilho. Tem que ter chuva de purpurina para jogar nos amigos, no povão. Não pode faltar nunca no Carnaval. Purpurina é vida. O dia em que eu morrer e fazer autopsia vão achar um monte de purpurina dentro do meu corpo”, disse ela, aos risos, em entrevista ao UOL.

Sabrina ostenta um corpão sarado e bronzeado graças a muita malhação e praia, que ela adora. Mas para aproveitar a folia, a apresentadora diz que basta ser “quem você é e não ter medo de ser feliz”. “Carnaval é brincadeira, é diversão, não tem que ter pudor. A gente tem que estar feliz com o nosso corpo, ser feliz com o que a gente tem. Não importa se está gordinha, magrinha, tem que se jogar, abusar da fantasia, da criatividade sem se preocupar com a opinião alheia”, avisa ela.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais CarnaUOL

Topo