CarnaUOL

Rio de Janeiro

Martinho da Vila comemora seus 80 anos como destaque da Vila Isabel

Jorge Hely /Brazil Photo Press/Folhapress
Presidente de honra da Vila Isabel, Martinho da Vila aparece como a chama do conhecimento. O sambista completou 80 anos durante o desfile Imagem: Jorge Hely /Brazil Photo Press/Folhapress

Rafael Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

12/02/2018 01h20

Depois de ser homenageado em São Paulo pela Unidos no Peruche, Martinho da Vila voltou à passarela do samba, desta vez no Rio de Janeiro, para desfilar como destaque da Vila Isabel, sua escola do coração.

Comemorando seus 80 anos na segunda-feira (12), o cantor e compositor celebrou o aniversário sendo saudado pelo público no abre-alas da escola da zona norte. Sua passagem foi o momento em que a Vila realmente arrancou aplausos das arquibancadas em todos os setores do sambódromo.

No estúdio da Globo, depois do desfile, Martinho contou que hesitou em desfilar no abre-alas, "porque eu não gosto dessa coisa de fantasias", mas que o carnavalesco Paulo Barros disse: "Você pode desfilar como quiser, pode desfilar de Martinho da Vila".

O carro em que Martinho vinha se destacava pela iluminação em LED azul, que acendia e apagava de forma sincronizada, criando um bonito efeito. O uso da tecnologia tinha tudo a ver com o enredo da Vila: "Corra que o futuro vem aí", que fez uma viagem não cronológica pela evolução da tecnologia ao longo dos tempos.

O visual futurístico, com muita luz e movimento nas alegorias e fantasias, foi a marca do desfile, que passou pela invenção do fogo (presente na saia da porta-bandeira, iluminada com LED), da roda, das engrenagens etc.

Um dos pontos altos foi um carro alegórico coreografado, marca registrada do carnavalesco Paulo Barros, que tinha 231 componentes fantasiados de teclas de computador, que se movimentavam de forma coordenada.

Outro carro, representando a evolução das tecnologias de imagem, como fotografia e televisão, também encantou o público com quatro gruas que pendiam em direção às arquibancadas como enormes gangorras. O apresentador Zeca Camargo era o destaque da alegoria.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Da Redação
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
Topo